Homilia do Papa no «Te Deum» de ação de graças pelo ano 2004

| 420 visitas

CIDADE DO VATICANO, sábado, 1 de janeiro de 2005 (ZENIT.org).- Publicamos a homilia que João Paulo II pronunciou na tarde de 31 de dezembro ao presidir as vésperas da solenidade de Maria Santíssima Mãe de Deus e o «Te Deum» de ação de graças ao concluir o ano 2004.




* * *




1. Encerra-se outro ano. Com viva consciência da fugacidade do tempo, encontramo-nos reunidos esta tarde para dar graças a Deus por todos os dons que nos ofereceu durante o ano 2004. Fazemos isso com o canto tradicional do «Te Deum».

2. «Te Deum laudamus!»
Damos-te graças, Pai, porque na plenitude dos tempos mandaste teu Filho (Cf. Gálatas 4,4) não para julgar o mundo, mas para salvá-lo com imenso amor (Cf. João 3, 17). Damos-te graças, Senhor Jesus, redentor nosso, porque quiseste assumir de Maria, mãe sempre virgem, nossa natureza humana. Neste Ano da Eucaristia queremos dar-te graças com fervor mais intenso pelo dom de teu corpo e de teu sangue no sacramento do altar.

Louvamos-te e damos graças, Espírito Santo paráclito, porque nos fazes conscientes de nossa adoção filial (Cf. Romanos 8, 16) e nos ensinas a dirigir-nos a Deus chamando-o de Pai, «Abbá» (Cf. João 4, 23-24; Gálatas 4,6).

3. Queridos irmãos e irmãs da comunidade diocesana de Roma! Dirijo-vos agora minha cordial saudação, neste encontro de final de ano. Saudação antes de tudo ao cardeal vigário, aos bispos auxiliares, aos sacerdotes, às pessoas consagradas e todo membro do povo cristão. Saúdo o presidente da região, o prefeito de Roma, o presidente da província e as autoridades civis presentes.

Queridos irmãos e irmãs, demos juntos graças a Deus pelas manifestações de bondade e de misericórdia com as que acompanhou, nestes meses, o caminho de nossa cidade. Que ele leve a cumprimento todo projeto apostólico e toda iniciativa de bem.

4. «Salvum fac populum tuum, Domine», «Salva teu povo, Senhor». Pedimos-te esta tarde, por meio de Maria, celebrando as primeiras vésperas da festa de sua divina maternidade.

Santa mãe do redentor, acompanha-nos neste passo ao novo ano. Alcança para Roma e para todo o mundo o dom da paz. Mãe de Deus, reza por nós!

[Tradução realizada por Zenit]