Igreja na África pede colaboração mais efetiva ao desenvolvimento

Ante a próxima reunião sobre a efetividade da ajuda em Accra

| 1146 visitas

MADRI, segunda-feira, 25 de agosto de 2008 (ZENIT.org).- «A ajuda ao desenvolvimento não se deve medir pela quantidade enviada, mas por como transforma a vida dos pobres». Foi o que expressam os líderes das Igrejas na África em um documento ecumênico que acaba de ser publicado, quando se prepara uma reunião sobre a efetividade da ajuda que acontecerá em Accra (Gana) de 2 a 4 de setembro e na qual participarão governos de países doadores e de países receptores assim como organismos internacionais.

O manifesto –informa esta segunda-feira a Cáritas Espanhola em sua página web–, que começa afirmando que «os níveis de pobreza na África são inaceitáveis», está firmado pela Conferência da Igreja de toda a África (CETA, em siglas francesas) e o Simpósio das Conferências Episcopais da África e Madagascar (SCEAM), dois organismos que representam milhões de pessoas no continente africano e que estarão também presentes nas negociações de Accra.

Os líderes religiosos urgem a uma mudança na maneira de gastar o dinheiro da ajuda ao desenvolvimento, sobretudo em como chega às comunidades locais às quais está destinado.

A Igreja na África é uma das instituições que proporciona mais ajuda para cobrir as necessidades de saúde, educação e outros serviços sociais.

Em sua declaração, os líderes eclesiais africanos pedem que a ajuda seja canalizada «por meio de consultas nas quais participem as pessoas do país ao que se dirija».

Também dizem que um dos pontos chave é pôr fim às condições impostas por governos e instituições doadoras na hora de dar o dinheiro.

Durante estes dias, a Cáritas trabalha com a CETA, o SCEAM e outras redes confessionais para organizar atos ecumênicos que acontecerão em um fórum paralelo durante a reunião de Accra. Está previsto que comecem com uma oração ecumênica em 31 de agosto.

O documento é o fruto de uma conferência da CETA que aconteceu em Nairobi (Quênia) de 21 a 23 de maio deste ano.

Documento completo em http://www.caritas.org/includes/pdf/aideffectivenessafrica.pdf