Impacto da mística no pensamento contemporâneo

Em um congresso organizado em Ávila que se centrará em Edith Stein

| 571 visitas

Por Miriam Díez i Bosch

ÁVILA, quarta-feira, 9 de julho de 2008 (ZENIT.org).- Ávila será a sede do primeiro Congresso Internacional «Mística e pensamento contemporâneo», que acontecerá de 24 a 27 de setembro de 2008 no Centro Internacional Teresiano Sanjuanista, promotor do «Instituto Internacional da Mística», já conhecido como «Universidade da Mística».

O congresso terá como principal protagonista a filósofa, carmelita descalça, mártir e co-padroeira da Europa, Santa Edith Stein (1891-1942), e à sua recepção entre os filósofos mexicanos.

«A idéia é começar ou continuar um diálogo proveitoso entre pensamento e mística, ou seja, ver em que medida o pensamento humano não é alheio à experiência autêntica de Deus, mas sim que é favorecido e enriquecido por ela», comenta à Zenit o diretor do Centro Internacional Teresiano, o professor Javier Sancho Fermín, ocd.

Esse carmelita descalço sugere que o fato de «estabelecer um diálogo entre filosofia e mística visa a unificar o homem para levá-lo à sua verdadeira plenitude».

«Esse primeiro congresso internacional quer colocar algumas bases para esse diálogo e se projeta como uma atividade que terá continuidade no futuro», aponta.

«Também queremos que seja um espaço onde se compartilham experiências de diversos países do mundo», observa.

O congresso quer combinar a mística e a filosofia, não só de um ponto de vista intelectual, mas também basear-se na experiência.

«O Congresso está aberto a todos os interessados e se buscará criar um clima de encontro, de fraternidade e de oração: não só teoria, mas uma realidade viva e experiencial», acrescenta o professor Sancho.

O Congresso está organizado por esse centro de estudos em Ávila e também pela Ordem dos Carmelitas Descalços. O prepósito geral, Pe. Luis Aróstegui Gamboa, pronunciará a conferência inaugural na quarta-feira, 24 de setembro, intitulada «Um encontro necessário: filosofia e mística».

Entre outras conferências, destaca-se «A recepção da mística nos filósofos do século XX», por parte do professor Francesc Torralba, da Universidade Ramón Llull, de Barcelona, e «Mística para o século XX: mística e profecia», do professor e especialista em mística e fenômeno religioso Juan Martín Velasco.

Entre as comunicações ao congresso haverá espaço para refletir sobre a obra de Edith Stein, Simon Weil, María Zambrano, Gabriel Marcel ou o Mestre Eckard, entre outros.

Como ampliação deste congresso, de 2 a 5 de outubro se celebrará outro congresso em alemão, em colaboração com a Universidade de Munique, com o tema «Da ciência à mística».