Inauguração em Assis do capítulo geral dos Franciscanos

Representam 15 mil religiosos de mais de 110 países

| 1188 visitas

ASSIS, terça-feira, 26 de maio de 2009 (ZENIT.org).- Em representação de 15 mil religiosos presentes em mais de 110 países, 152 irmãos menores se encontram reunidos de 24 de maio até 20 de junho, em Assis (Itália) por ocasião do 187º capítulo da Ordem fundada por São Francisco de Assis. 

Verbum Domini nuntiantes in universo mundo (Anunciadores da Palavra do Senhor em todo o mundo) é o lema eleito para esta assembléia que, portanto, porá no centro dos trabalhos o tema do anúncio do Evangelho e da missão franciscana. 

No domingo, 181 irmãos (152 delegados e outros 29, entre pessoas da sacristia, tradutores, intérpretes e assistentes) provenientes de todas as partes do mundo se reuniram na praça diante da grande basílica de Santa Maria dos Anjos. 

Depois entraram todos na basílica, em procissão, para a celebração da Missa, que aconteceu diante da Porciúncula, a pequena igreja restaurada por São Francisco e eleita por isso como centro de todo seu movimento. 

Durante a homilia, o ministro geral que sai, Pe. José Rodríguez Carballo, sublinhou a exigência de anunciar o Evangelho com a força de Paulo e a imediatez de Francisco, também nos lugares em que esta missão é causa de provas e sofrimentos. 

“Ide, Irmãos Menores, continua dizendo-nos hoje o Espírito do Senhor, não como amos da verdade, mas como servos humildes, e o que gratuitamente recebestes, dai gratuitamente”, disse. 

“Ide – acrescentou – e anunciai a todos os que encontrardes ao longo dos caminhos e nas praças das cidades sua condição de filhos e filhas de um mesmo Pai, irmãos vossos. Ide e evangelizai em colaboração com os leigos, homens e mulheres, jovens e idosos.”

“Ide e, em todo lugar e em qualquer atividade, dai testemunho dos valores evangélicos, permanecendo ao lado das pessoas que ainda não conhecem Jesus.”

“Certamente não nos faltarão dificuldades, mas é o Senhor que diz: ‘Coragem, não tenhais medo’”, animou o Pe. Rodríguez Carballo. 

A seguir, no auditório adjacente da Domus Pacis, após a intervenção do ministro, os capitulares foram saudados pelo bispo de Assis, Domenico Sorrentino, e por Frei Bruno Ottavi, ministro provincial dos Irmãos de Umbria. 

Também o prefeito da cidade, Claudio Ricci, quis fazer-se presente através de uma mensagem. Foram muitas as saudações aos capitulares de diversas partes do mundo. 

Ao capítulo geral corresponde a tarefa de examinar e tutelar o patrimônio e a vida da Ordem, detectar novos caminhos e meios oportunos para seu crescimento e promover uma adequada renovação. 

Na coletiva de imprensa de apresentação do capítulo geral, realizada em Roma em 22 de maio, o Pe. José Rodríguez Carballo destacou em especial, entre os “desafios missionários” aos que esta assembleia quer responder, os da inculturação e da renovação da linguagem, “mais humilde, mais sapiencial”, acompanhada sempre de um coerente testemunho de vida. 

Ao término da coletiva de imprensa, o Pe. Carballo apresentou a medalha comemorativa dos 800 anos da Ordem Franciscana (1209-2009), explicando sua simbologia: de um lado, a pomba do Espírito Santo, “o verdadeiro ministro geral”, segundo São Francisco; no outro, a representação do capítulo geral guiado pelo “Pobrezinho de Assis”, que ensina aos humanos o caminho para a própria conversão, assinalando o rosto do Crucificado que lhe falou em São Damião. 

Atualmente, os irmãos menores presentes nos diversos continentes são 14.724; em 2005, eram 15.795, e cerca de 22 mil em 1930. Ainda que seu número diminua na Europa Ocidental e Central, assim como nos Estados Unidos e no Canadá, permanece contudo estável a situação na América Latina. Aumentam, no entanto, as vocações na Europa Oriental, Ásia e África. 

Atualmente, os bispos pertencentes à Ordem dos Irmãos Menores são 104. A maior parte deles está concentrada na América Latina. 

Para mais informação: www.ofm.org