Índia: Igreja socorre vítimas das catástrofes que assolaram a população

Inundações causam mais de 500 mortos

Roma, (Zenit.org) | 478 visitas

A Caritas Índia "se une aos esforços do Governo e outras organizações voluntárias para levar solidariedade e ajuda humanitária às vítimas das catástrofes que assolaram a população dos Estados de Uttaranchal e Himachal Pradesh", é o que afirma um comunicado emitido pela organização católica e enviado à Agência Fides, depois das inundações que devastaram os dois estados no norte da Índia, causando mais de 500 mortos e afetando a vida de mais de 80 mil pessoas, muitas delas ainda estão presas na lama, esperando resgate.

Pe. Frederick D'Souza, diretor executivo da Caritas, expressando plena solidariedade às vítimas do desastre, recorda que um dos princípios da organização, expressão da Igreja Católica indiana, é trabalhar em parceria com as instituições, atendendo às necessidades reais das populações atingidas por calamidades.

A Caritas garante a sensibilização de todas as redes das sedes nacionais e da rede Caritas Internacional. A Caritas Índ ia enviou pessoas para a área e está tentando ajudar as famílias atingidas com roupas, alimentos e assistência médica de base.

A partida antecipada das fortes chuvas de verão na Índia teve consequências trágicas em muitos estados, sob as encostas do Himalaia. As fortes chuvas trazidas pela monção resultaram em inundações devastadoras na região Himalaia de Uttaranchal que, de acordo com o Departamento Meteorológico Indiano, recebeu mais de três vezes de sua quantidade normal de chuvas esperadas para o mês de junho.

Na encosta sul do Himalaia descarregou-se uma verdadeira avalanche de água, chamada de "tsunami do Himalaia", que se abateu sobre o vale inundando povoados e cidades. Além de inundações, as chuvas torrenciais também causaram enormes deslizamentos de terras. (PA)

(Fonte:Agência Fides 24/6/2013)