Japão: Cáritas oferece apoio psicológico aos afetados

Entre os falecidos pelo tsunami, um missionário canadense

| 1076 visitas

TÓQUIO, segunda-feira, 14 de março de 2011 (ZENIT.org) - A Cáritas japonesa lançou uma campanha de doações em todo o país e está trabalhando junto às dioceses no apoio aos afetados pelo terremoto e pelo tsunami.

Assim afirmou a Cáritas Internacional hoje, em um comunicado, no qual explica que esta instituição "está em contato com a diocese de Sendai, uma das áreas mais afetadas", e que se prepara para ajudar "aqueles que não têm acesso aos serviços públicos".

A Cáritas Japão "não tem intenção de lançar uma operação a grande escala diante desta catástrofe", esclareceu a organização, mas "trabalhará em conjunto com as dioceses e outras organizações para ajudar as pessoas marginalizadas afetadas por este desastre".

Outro objetivo é "concentrar os esforços principalmente na fase de reabilitação, com foco no apoio psicológico e moral" aos mais afetados pela catástrofe.

Missionário canadense

Por outro lado, a Sociedade para as Missões Estrangeiras confirmou a morte, no terremoto, de um dos seus membros, um sacerdote canadense que trabalhou no Japão durante cinquenta anos.

É o Pe. André Lachapelle, nascido em Quebec, que estava em Sendai quando o terremoto ocorreu. Para sobreviver a essa tragédia, correu para pegar o carro e voltar para casa, que se encontrava a meia hora do local.

"Ele deixou Sendai e o Senhor veio buscá-lo em seu caminho a Shiogama", disse o Pe. Gilles Dubé, secretário-geral da Sociedade para as Missões Estrangeiras, em um comunicado.

"André certamente queria unir-se aos seus paroquianos para acompanhá-los neste momento de provação. Mas a maré levou apenas meia hora para chegar à costa após o terremoto. O tsunami o pegou na estrada. Seu corpo foi encontrado pela polícia, que entrou em contato com a Embaixada do Canadá em Tóquio", acrescenta o Pe. Eloy Roy, missionário da mesma família religiosa no Japão.