Jazz e espiritualidade

Concerto gratuito para redescobrir a dimensão espiritual da Nova Iorque dos anos 60

| 1004 visitas

BOLOGNA, quarta-feira, 19 de setembro de 2012 (ZENIT.org) – Nesta sexta-feira, 21, a Fundação italiana Raccolta Lercaro, de Bolonha, oferecerá durante a ArteLibro 2012 o show gratuito Museu em Música, que abordará a dimensão espiritual da música jazz.

O jazz remete, no imaginário comum, a situações da vida nas ruas de Nova Orleans e Nova Iorque, evocando sons de expressão criativa pura, força, virtuosismo e efervescência.

Entretanto, existem nesse estilo musical aspectos nem sempre conhecidos do público em geral: trata-se da dimensão espiritual e da busca de sentido na produção musical de grandes artistas como John Coltrane, Archie Sheep e Lou Marie Williams.

Não apenas. Aspectos mais íntimos e pessoais, como a dimensão espiritual e a ligação com a fé, são pouco conhecidos até mesmo para músicos americanos da Geração Beat, movimento cultural que se desenvolveu no final dos anos cinquenta nos Estados Unidos. É o caso de Jack Kerouac.

No trabalho dessas estrelas do jazz, a despeito de suas vidas atribuladas e complexas, quase nunca lineares, surge uma dimensão de fé irreprimível, uma busca de Deus como guia para as suas vidas e uma demanda constante de graça e de perdão.

O evento cultural em Bolonha acontece às 21 horas desta sexta.