Jovens brasileiros participarão de encontro com Papa via satélite

Desde o Santuário de Aparecida, na VI Convenção Européia de Jovens Universitários

| 1479 visitas

APARECIDA, segunda-feira, 7 de janeiro de 2008 (ZENIT.org).- Os jovens brasileiros são convidados a se encontrar com Bento XVI, via satélite, desde o Santuário de Aparecida, no próximo dia 1º de março.

É que a arquidiocese de Aparecida irá representar o Brasil na VI Convenção Européia de Jovens Universitários.



O evento será realizado no dia 1º de março, na sala Paulo VI, no Vaticano, com o tema «Europa e Américas juntas pela construção da Civilização do Amor».

Participam, através de videoconferência, das cidades de Avinhão (França), Edimburgo (Reino Unido), Minsk (Bielorussia), Bucarest (România), Toledo (Espanha), Nápoli (Itália), Nova York (Estados Unidos), Havana (Ilha de Cuba), Cidade do México (México), Loja (Equador) e Aparecida (Brasil).

O arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis, reuniu-se sexta-feira passada com o secretário-geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), Dom Dimas Lara Barbosa, e outros representantes da Igreja para discutir a participação brasileira no evento.

Segundo Dom Damasceno, essa jornada com os jovens universitários é comum na Europa e agora eles decidiram estendê-la para as Américas.

«É necessário que a Igreja fale com os jovens porque o mundo precisa de jovens bem orientados não só profissionalmente, mas também espiritualmente», disse. 

A VI Convenção Européia será realizada das 14h às 16h (horário brasileiro).

«Será uma celebração presidida pelo Papa Bento XVI e acompanhada por um telão no Santuário Nacional. Mas durante a manhã, nós também vamos ter uma programação especial para esses jovens universitários», explicou o arcebispo.

De acordo com Dom Damasceno, não há como prever o número de universitários participantes.

«O convite será feito para todos os universitários brasileiros, mas não temos como prever quantos virão.»

«O Santuário Nacional tem a tradição de reunir pessoas do Brasil todo e acho que dessa vez não será diferente. É claro que os universitários aqui da região, do Estado de São Paulo e dos Estados mais próximos devem ser em maior número», disse o arcebispo.

(Com Santuário de Aparecida)