Levar reconciliação e misericórdia ao povo do Sudão

O cardeal Parolin ordena bispo mons. Hubertus Matheus Maria van Megen, já núncio neste País próximo ao coração do Papa

Roma, (Zenit.org) Redacao | 276 visitas

No sábado passado (17), o cardeal secretário de Estado Pietro Parolin conferiu a ordenação episcopal a monsenhor Hubertus Matheus Maria van Megen na catedral de São Christopher em Roermond, na Holanda. O prelado tinha sido nomeado pelo Papa Francisco Núncio Apostólico para o Sudão, em 9 de março.

E precisamente dessa missão no país Africano começou Parolin o seu discurso ao novo bispo: “No exercício do seu ministério episcopal - disse – fostes convidado como representante do Santo Padre no Sudão, uma nação perto do seu coração, uma nação que nos anos recentes foi assolada pela violência e desordens civis”.

Portanto, "em união com os bispos desse País - disse o secretário de Estado - serás chamado, pela palavra e pelo exemplo, a proclamar a mensagem do Evangelho da reconciliação, do perdão e da misericórdia". E acima de tudo, "serás chamado a apoiar a comunidade cristã no Sudão”, atualmente “um pequeno rebanho”, porém, “muito mais querido pelo Senhor”. Missão do bispo, concluiu o purpurado, será, portanto “confirma-lo na sua fé e na sua fidelidade ao grande mandamento do amor a Deus e ao próximo”.

(Trad.TS)