Livro do Papa esgota no mesmo dia de sua publicação na Espanha

| 660 visitas

MADRI, quarta-feira, 29 de agosto de 2007 (ZENIT.org).- A primeira edição de «Jesus de Nazaré», o livro de Bento XVI que «La Esfera de los Libros» colocou nessa terça-feira à venda na Espanha, esgotou em praticamente todas as livrarias do país, informa a editora.



«As reservas que os leitores haviam feito desde que se conheceu que La Esfera publicaria o livro em castelhano e as compras diretas desta mesma manhã impulsionaram a editora a reeditar 30.000 exemplares a mais que, dentro de alguns dias, se somarão aos outros 50.000 que já estavam nas ruas», informa a editora em um comunicado enviado à Zenit.

«Desta forma, confirmam-se as previsões de que o primeiro livro do atual Papa vai-se converter no fenômeno editorial do outono no país, comparável ao ocorrido na Itália e nos outros países onde já se haviam publicado as diferentes versões do livro. Até agora, em todo o mundo se venderam mais de 1.500.000 exemplares», afirma La Esfera.

Em «Jesus de Nazaré», Joseph Ratzinger analisa a vida pública de Jesus, desde o batismo no Jordão até a transfiguração.

Seu objetivo é usar os Evangelhos como fonte histórica e demonstrar que «Jesus não é um mito».

Assim, o Papa diz na introdução: «Tentei apresentar o Jesus dos Evangelhos como o Jesus real, como o ‘Jesus histórico’ em sentido próprio e verdadeiro. Estou certo, e confio em que o leitor também possa vê-lo, de que esta figura é mais lógica e, desde o ponto de vista histórico, também mais compreensível que as reconstruções que conhecemos nas últimas décadas. Penso que precisamente este Jesus, – o dos Evangelhos – é uma figura histórica sensata e convincente».