Livro para “reparar” a relação com Deus

“Lañas”, escrito por Carmen Álvarez Alonso e Juan Pedro Ortuño Morente

| 1126 visitas

ROMA, segunda-feira, 6 de setembro de 2010 (ZENIT.org) – Os leitores que sentem sua relação com Deus às vezes enfraquecida ou até mesmo quebrada contam agora com um novo livro: “Lañas” - Momentos para Deus”, escrito por Carmen Álvarez Alonso e pelo sacerdote Juan Pedro Ortuño Morente.

“Pretendemos aproximar Deus das pequenas atitudes do dia-a-dia, relacionando-as com as parábolas da Bíblia e centrando-nos nos pequenos detalhes que parecem ser mínimos, mas marcam a diferença com o próximo e com Deus”, explica Carmen Álvarez em uma entrevista concedida a ZENIT.

Lañas” são os grampos que eram utilizados para fixar os vasos de barro, recorda a co-autora, ao explicar o motivo do título do livro. “Como dizia São Paulo, somos vasilhas feitas de um barro frágil e quebradiço, que se rompe com o trabalho e tarefas do dia-a-dia”.

“Assim é também nossa vida interior: derrama-se entre as rachaduras e as brechas que os problemas e preocupações do cotidiano ocasionam na alma."

As lañas são uma espécie de grampos que, antigamente, eram usados para recompor jarros e potes”, explica Carmen Álvarez.

“Uma imagem esplêndida para entender como o amor de Deus reconstrói o material danificado de nossas vasilhas. Estes momentos para Deus são Lãnas que, no cotidiano, pretendem recompor nossa vida interior", afirma a co-autora.

O prólogo do livro, escrito pelo escritor Juan Manuel de Prada, publicado quase integralmente pela edição italiana de 18 de junho do L’Osservatore Romano, explica que “é verdade que somos barro, barro rachado pela pressão de uma vida que deixou de olhar para dentro, que é o melhor modo de olhar para Deus”.

Este livro surgiu das mensagens que os autores enviavam por correio eletrônico a todos os contatos e membros de Mater Dei, oferecendo meditações que ajudassem a iniciar o dia com um momento de oração a Deus.

Quem estiver interessado em ter um exemplar do livro pode enviar e-mail para materdei@archimadrid.es, posto que não se pode comprá-lo em livrarias. O preço é de 10 euros por unidade mais despesas de frete.