Mais de 2 milhões de cópias do Manual de Bioética para jovens serão distribuídos na JMJ Rio 2013

Entrevista com Pe. Rafael Fornasier, assessor da Comissão Episcopal Pastoral para Vida e Família da CNBB

Brasília, (Zenit.org) Thácio Siqueira | 782 visitas

Durante a Jornada Mundial da Juventude serão distribuídos 2 milhões de cópias, em 4 idiomas, do Manual de Bioética para jovens, intitulado Keys to Bioethics.

“O seu conteúdo foi elaborado por profissionais da área da bioética, da saúde e das ciências humanas e sociais, muitos deles ligados ou próximos à Fundação Jérôme Lejeune, criada para continuar a ação do Prof. Lejeune”, explicou a ZENIT o Pe. Rafael Fornasier, assessor da Comissão Episcopal Pastoral para Vida e Família da CNBB.

O Prof. Lejeune descobriu, em 1958, que a síndrome de down é um anomalia genética do par de cromossomos 21, passando assim a ser conhecida também como trissomia 21. Desde então, trabalhou com a pesquisa científica, buscando a terapia para a doença e, por causa de seus pacientes, se posicionando firmemente contra a legalização do aborto.

Keys to Bioethics - elaborado pela Fundação Jérôme Lejeune em parceria com a Comissão Nacional da Pastoral Familiar, organismo vinculado à CNBB, com o Centro de Estudos Biosanitários (Espanha) e com a Fundação Jérôme Lejeune (USA) - é uma adaptação do Manual que a Fundação Jérôme Lejeune, da França, já vem distribuindo gratuitamente há alguns anos em várias línguas.

“A ideia de oferecê-lo durante a JMJ partiu de diálogos realizados pela Fundação Jérôme Lejeune com bispos, padres e leigos que trabalham com o tema da bioética, chegando-se assim a uma proposta comum que foi feita com a organização da Jornada Mundial, que, por sua vez, abraçou a ideia e está se implicando, com muito esforço e dedicação, para que o Manual chegue às mãos dos jovens”, disse à ZENIT Pe. Rafael.

A Introdução do Manual, assinada por Dom Orani João Tempesta, arcebispo do Rio e por Jean-Marie Le Méné, Presidente da Fundação Jérêome Lejeune, afirma: "Trata-se de uma apresentação objetiva das grandes questões de bioética com as quais somos todos confrontados, e que nos deixam frequentemente desamparados. Embasado sobre os fundamentos da ciência e da razão, Keys to Bioethics permite ao leitor apreendê-las simplesmente graças a uma informação precisa e rigorosa, à qual a fé da Igreja vem dar todo o seu sentido."

“O Manual – esclarece Pe. Rafael – , além de trazer ao final do texto uma lista de referências bibliográficas, se fundamenta também nos posicionamentos de atuais pesquisadores. Ele foi adaptado e revisado quanto à terminologia e sua aplicação de um país a outro com ajuda dos organismos citados acima”.

Segundo o Pe. Rafael Fornasier o “Manual não tem a preocupação de afirmar ou defender essa ou aquela linha de bioética. Diante da linguagem puramente sanitarista (preocupando-se mais com a transmissão das doenças sexualmente transmissíveis do que com uma real e humana educação sexual proposta aos jovens), contraceptiva (visando o controle da natalidade sem a devida informação quanto ao risco representado pelo emprego de métodos contraceptivos amplamente difundidos, muitas vezes por interesses econômicos escusos), utilitarista (propondo a utilização do ser humano para fins de pesquisa ou o seu descarte quando não desejado, inútil ou economicamente oneroso para o sistema de seguridade social) e ideológica, o Manual busca colocar às claras alguns elementos que ajudarão os jovens a realizar um juízo ético quanto ao que lhe é proposto - por vezes imposto - como informação relativa a temas candentes concernentes à vida humana na atualidade”.

O Keys to Bioethics recebeu financiamento para a produção e distribuição da própria Fundação Jérôme Lejeune e de generosos doadores de vários países. Para saber como contribuir com sua impressão e distribuição entre em contato com vidafamilia@cnbb.org.br ou pelo telefone (61) 3443-2900.