Membros do Conselho Episcopal Latino-Americano almoçam com o Santo Padre

Presidência do CELAM está realizando, de 20 a 28 de maio, a sua visita anual à Santa Sé

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) Redacao | 325 visitas

Os membros da presidência do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM) estão em Roma para a sua tradicional visita anual à Santa Sé, durante a qual são tratados assuntos relacionados com a vida e a missão da Igreja na América Latina. A visita começou no dia 20 e termina amanhã, 28 de maio.

Os membros da presidência do CELAM saudaram o Santo Padre no final da audiência geral de quarta-feira passada, 21 de maio.  Além disso, o papa Francisco os convidou para o almoço desta terça-feira, 27 de maio. O CELAM apresentou ao Santo Padre uma proposta para maior difusão e estudo da exortação Evangelii Gaudium na América Latina, pediu uma mensagem para o Congresso Latino-Americano da Família (Panamá, 4 a 9 de agosto) e sugeriu a possibilidade de se convocar uma nova Assembleia Especial do Sínodo para a América.

Durante a estada na capital italiana, o grupo se reuniu com o secretário de Estado do Vaticano, o cardeal Pietro Parolín, e visitou as congregações para a Doutrina da Fé, para os Bispos e para o Clero, além dos Pontifícios Conselhos da Cultura, da Família, das Comunicações Sociais e da Nova Evangelização. Finalmente, visitaram o Sínodo dos Bispos e a Pontifícia Comissão para a América Latina (CAL), reunindo-se com os superiores desses dicastérios e com seus colaboradores.

A presidência do CELAM teve ainda uma reunião na terça-feira, 20 de maio, na sede da CAL, presidida pelo cardeal Marc Ouellet, com os embaixadores dos diversos países da América Latina e do Caribe credenciados junto à Santa Sé. No encontro, o presidente do CELAM, dom Carlos Aguiar Retes, abordou o fenômeno migratório na América Latina focando especialmente na realidade mexicana e centro-americana.

A comitiva também foi ao Colégio Pio Latino-Americano, por onde passaram e continuam passando gerações de sacerdotes do Continente da Esperança que vão estudar nas universidades pontifícias de Roma.

Durante a permanência na Cidade Eterna, a presidência do CELAM aproveitou para celebrar uma eucaristia nas Grutas Vaticanas, junto ao túmulo do apóstolo Pedro, "como ação de graças pelos dons e frutos da ida a Roma, como renovado compromisso de comunhão com a Sé de Pedro e como ocasião para confiar a Deus as intenções do papa Francisco e dos episcopados da América Latina".

O CELAM é um organismo de comunhão, reflexão, colaboração e serviço aos episcopados latino-americanos, em perfeita comunhão com a Igreja e com a sua cabeça visível, o Romano Pontífice. Foi criado em 1955 e conta com sete departamentos que realizam os seus 75 programas pastorais.