Mensagem de Páscoa do cardeal Hummes

Prefeito da Congregação para o Clero

| 976 visitas

CIDADE DO VATICANO, domingo, 23 de março de 2008 (ZENIT.org).- Publicamos a mensagem de Páscoa do cardeal Cláudio Hummes, prefeito da Congregação para o Clero.

***

Aos Caríssimos Presbíteros, Diáconos Permanentes e Catequistas

A morte e a ressurreição de Jesus Cristo, que celebramos na Páscoa, trazem vida nova à Igreja e alegram o povo de Deus, que canta um cântico novo ao Senhor.

No Apocalipse, Ele afirma: "Não temais! Eu sou o Primeiro e o Ultimo, o Vivente; estive morto, mas eis que estou vivo pelos séculos dos séculos, e tenho nas mãos as chaves da Morte e do Hades" (Ap 1,17-19).

Sim; o Senhor Ressuscitado é a garantia da vitória definitiva da vida. A morte está destruída. A última palavra será da vida e do amor. Eis a esperança segura e jubilosa, que dá sentido à nossa vida e à história da humanidade. Cristo já ressuscitou e em nossa peregrinação terrestre nos acompanha na caminhada, nos ilumina e fortalece, como lemos no episódio dos discípulos de Emaús, na tarde do dia da Ressurreição. Acolhendo a mensagem de Emaús e inspirados linda oração de Bento XVI ao Ressuscitado, Senhor da história, rezemos:

"Fica conosco, pois cai a tarde e o dia já declina" (Lc 24,29).

Fica conosco, Senhor, acompanha-nos, ainda que nem sempre tenhamos sabido reconhecer-te.

Fica conosco, porque ao redor de nós as sombras vão se tornando mais densas, e tu és a Luz; em nossos corações se insinua a desesperança, e tu os fazes arder com a certeza da Páscoa. Estamos cansados do caminho, mas tu nos confortas na fração do pão para anunciar a nossos irmãos que na verdade tu ressuscitaste e que nos deste a missão de ser testemunhas de tua ressurreição.

Fica conosco, Senhor, quando ao redor de nossa fé católica surgem as névoas da dúvida, do cansaço ou da dificuldade: tu, que és a própria Verdade como revelador do Pai, ilumina nossas mentes com tua Palavra; ajuda-nos a sentir a beleza de crer em ti.

Fica em nossas famílias, ilumina-as em suas dúvidas, sustenta-as em suas dificuldades, consola-as em seus sofrimentos e no cansaço de cada dia, quando ao redor delas se acumulam sombras que ameaçam sua unidade e sua natureza. Tu que és a Vida, fica em nossos lares, para que continuem sendo ninhos onde nasça a vida humana abundante e generosamente, onde se acolha, se ame, se respeite a vida desde a sua concepção até seu término natural.

Fica, Senhor, com aqueles que em nossa sociedade são os mais vulneráveis; fica com os pobres e humildes de toda a terra, que sofrem injustas limitações para participar da mesa dos bens da humanidade e expressar a riqueza de sua cultura e a sabedoria de sua identidade. Fica, Senhor, com nossas crianças e com nossos jovens, que são a esperança e a riqueza do nosso mundo, protege-os de tantas armadilhas que atentam contra sua inocência e contra suas legítimas esperanças! Ó Bom Pastor, fica com nossos anciãos e com nossos enfermos! Fortalece a todos em sua fé para que sejam teus discípulos e missionários!

A todos, uma Santa e Feliz Páscoa!