Mensagem do Papa pela morte do patriarca ortodoxo da Romênia

| 1011 visitas

ROMA, quinta-feira, 6 de setembro de 2007 (ZENIT.org).- Publicamos a mensagem de Bento XVI por ocasião da morte de Sua Beatitude Teoctist, patriarca ortodoxo da Romênia.




* * *



Sua Eminência
DANIEL
Lacum tenens
Patriarcado romeno ortodoxo
Bucareste


Tendo recebido a notícia da morte de Sua Beatitude Teoctist, Patriarca da Igreja Ortodoxa romena, apresso-se a expressar a Sua Eminência, ao Santo Sínodo e a todos os membros da Igreja meus mais sentidos pêsames, assegurando-lhe minha união espiritual com todos os que choram a morte deste distinto e muito estimado hierarca da Igreja. A visita de meu amado predecessor, o Papa João Paulo II, a Sua Beatitude Teoctist em 1999, e a correspondente visita do Patriarca ao Bispo de Roma em 2002, permaneceram na memória de nossas Igrejas como um dom particular da graça de Deus, que fortaleceu e deu novo impulso à amizade, melhorando as relações fraternas entre as Igrejas. Ambos decidiram escrever uma nova página da história de nossas comunidades, superando um passado difícil que pesa ainda hoje sobre nós, e esperando com confiança o dia em que se superem as divisões entre os seguidores de Cristo. Rogo para que a Igreja Ortodoxa romena se alegre pela herança dos numerosos anos de sábio ministério do Patriarca Teoctist, e para que Sua Eminência seja sustentado e confortado pelos frutos de seu apostolado ao encomendar sua nobre alma ao amor misericordioso de nosso Pai celestial. Ao manifestar minha proximidade na oração neste momento de dor, expresso meus melhores desejos a Sua Eminência e a seus irmãos bispos, enquanto guiam a Igreja neste período de transição. Com afeto fraterno no Senhor.

BENEDICTUS PP. XVI

[Tradução realizada por Zenit.
© Copyright 2007 - Libreria Editrice Vaticana]