Mensagem do Santo Rosário permanece, diz cardeal

Dom Óscar Andrés Rodriguez Maradiaga, na festa de Nossa Senhora de Fátima

| 1010 visitas

FÁTIMA, quarta-feira, 13 de maio de 2009 (ZENIT.org).- O presidente da Cáritas Internacional e arcebispo Tegucigalpa (Honduras), cardeal Óscar Andrés Rodriguez Maradiaga, considera que a mensagem do Santo Rosário mantém toda sua atualidade. O prelado convidou os fiéis a cultivarem o hábito de recitar a oração.

“A Virgem de Fátima trouxe-nos a mensagem do Santo Rosário que não passou de moda, como pensam alguns”, disse o arcebispo hoje no Santuário de Fátima, na homilia da missa deste dia festivo.

“O rosário abrevia o essencial do Evangelho e coloca-o profundamente em nós, até que no coração se sinta o eco da Boa Nova de Deus. É como uma semente que se coloca no sulco e germina, cresce, amadurece, até que dá frutos de vida: os frutos do Reino.”

Segundo Dom Maradiaga, o rosário “é uma oração que não se limita à simples repetição, como se estivesse carecida de criatividade, é antes como uma roda de moinho de água, que em cada movimento sempre traz algo de novo”.

“O rosário é como o búzio marinho que capta em si o eco de todo o canto do mar. Nunca nos cansamos de ouvi-lo, quando o colocamos nos nossos ouvidos”; “é como a coroa de flores que os príncipes colocavam na fronte das suas amadas. Cada rosa e cada gesto é uma bela poesia de amor. É assim como nós tomamos esse rosário – ou coroa de rosas – para ir ao encontro de Jesus e de Maria, no amor da Santíssima Trindade.”

O presidente da Cáritas destacou que orar com o rosário “é muito mais do que parece à primeira vista”. “O importante do rosário é que, limitando a oração a poucas palavras, repetidas lentamente, o coração vai absorvendo no seu interior a luz de Deus que brilhou em Maria e somos assim conduzidos ao serviço ao mundo que a caracterizou”, disse.

“O rosário, em síntese, centra-se na contemplação do Evangelho em comunhão com Aquela que guardava todas estas coisas, meditando-as no seu coração (Lc 2, 19)”, afirmou o arcebispo.