México:catedral de Tijuana declarada monumento histórico

Antigo relógio também é reinaugurado

| 899 visitas

TIJUANA, terça-feira, 24 de julho de 2012 (ZENIT.org) - O arcebispo de Tijuana, dom Rafael Romo Muñoz, e o padre José Pedro López, pároco da catedral de Nossa Senhora de Guadalupe e coordenador do Patrimônio Diocesano da Arquidiocese de Tijuana, apresentaram a placa comemorativa que declara a catedral como Monumento Imóvel Histórico. A celebração fez parte do 123º aniversário da cidade fronteiriça entre o México e os Estados Unidos, neste domingo, 22.

“Tivemos um momento muito singular na catedral, depois de um árduo trabalho de conscientização e de motivação. Conseguimos que a nossa catedral fosse indicada nacionalmente como um monumento histórico. É o primeiro monumento histórico formalmente declaradoem nosso Estado[da Baixa Califórnia]”, disse o arcebispo.

Participaram do evento o secretário do governo estadual, Francisco García Burgos, em representação do governador da Baixa Califórnia, além de outras personalidades da política e da cultura, sacerdotes e convidados especiais.

A catedral teve ainda o seu relógio monumental restaurado e remodelado para anunciar as horas com melodias religiosas e guadalupanas. Durante a reinauguração, os participantes ouviram o Hino Guadalupano. Os sinos também foram substituídos. 

O templo começou a ser construído nos anos quarenta, a cargo dos Missionários do Espírito Santo. Há cerca de sete anos, começaram os trâmites para a inclusão da catedral no programa de monumentos históricos, fato que tem especial importância para os milhões de moradores católicos da segunda maior cidade do México.

 (Tradução:ZENIT)