Milão foi transformada na cidade das famílias

Bento XVI fala sobre sua Visita Pastoral à Diocese de Milão durante a Audiência Geral

| 960 visitas

Por Maria Emília Marega

CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 06 de junho de 2012(ZENIT.org) – Durante a Audiência Geral desta quarta-feira, Bento XVI fez um balanço de sua Viagem Pastoral à diocese de Milão onde participou do VII Encontro Mundial das famílias.

O Sétimo Encontro Mundial das Famílias, transformou Milão na "cidade das famílias",assim Bento XVI iniciou a tradicional Audiência Geral com os fiéis e peregrinos reunidos na Praça de São Pedro nesta quarta-feira, 06 de junho.

O tema proposto para o VII Encontro Mundial das famílias foi a tríade - “família, trabalho e festa” – “três dons de Deus, três dimensões da nossa vida que devem encontrar um harmônico equilíbrio para construir sociedades de rosto humano”, afirmou Bento XVI.

No Teatro Scala, continuou, “lembrei que é na família que fazemos a primeira experiência de ser pessoas humanas, criadas não para viver fechadas em si mesmas, mas na relação com os outros”.

Já na Festa dos Testemunhos Bento XVI disse que o espaço para perguntas e respostas de algumas famílias, foi “um sinal do diálogo aberto que existe entre as famílias e a Igreja”.

Finalmente, sobre a missa de domingo, diante de uma multidão imensa de fiéis de diversas nações, foi destacado “a necessidade de edificar famílias capazes de refletir a beleza da Santíssima Trindade e de evangelizar não só com a palavra, mas pela vivência do amor, a única força capaz de mudar o mundo”, afirmou o Papa.

Ao final da Audiência o Santo Padre dirigiu a seguinte saudação em português:

Saúdo com grande afeto e alegria todos os peregrinos lusófonos, de modo especial a quantos vieram de Angola e do Brasil com o desejo de encontrar o Sucessor de Pedro. Desça a minha bênção sobre vós, vossas famílias e comunidades ao serviço do menor, dos mais pequeninos e necessitados