Milhares de cristãos peregrinaram a «Lourdes» da Índia

Para pedir pela vida e contra a eutanásia

| 607 visitas

TAMIL NADU, quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 (ZENIT.org).- Milhares de pessoas participaram ontem da peregrinação ao santuário de Nossa Senhora da Saúde de Velankanni (Tamil Nadu, Índia), chamado também de «Lourdes do Leste», por ocasião do Dia Mundial do Enfermo, segundo informa a agência AsiaNews.

Este santuário, situado na baía de Bengala, data do século XVII e teve que ser restaurado após o tsunami de dezembro de 2004. É um lugar de peregrinação muito popular na Ásia, ao que recorrem cada ano quase 20 milhões de pessoas de todo o sudeste asiático, entre elas milhares de enfermos. 

Nesta ocasião, as intenções para o Dia do Enfermo tinham muito presente as feridas provocadas pela perseguição religiosa em Orissa, segundo explica o reitor do Santuário, o Pe. Xavier. Fez-se uma coleta especial para os afetados pela violência, que se enviou às Missionárias da Caridade. 

Mas o principal motivo de oração nesse dia foi a defesa da vida humana frente a «quem quer promover o aborto preventivo e a eutanásia na Índia», explicou. 

«Muitos crêem que fazem um serviço ‘pondo fim ao sofrimento do paciente’ ou evitando que ‘uma vida inútil venha ao mundo’. Mas isso é absolutamente falso e malvado. Toda vida humana é preciosa», afirmou o reitor a AsiaNews.