Missão da Igreja é evangelizar, afirma cardeal brasileiro

Para Dom Geraldo Agnelo, Conferência de Aparecida enfatiza isso

| 972 visitas

SALVADOR, terça-feira, 10 de julho de 2007 (ZENIT.org).- Segundo o cardeal Geraldo Majella Agnelo, Jesus havia posto em destaque aos doze apóstolos a missão de evangelizar, mandato que se mantém hoje para os seus sucessores, bispos e sacerdotes, e também à vida consagrada e aos fiéis leigos.



«A missão da Igreja é evangelizar», afirma o arcebispo de Salvador e primaz do Brasil em artigo enviado a Zenit.

«Jesus Cristo continua presente nos discípulos missionários, filhos de Deus pelo batismo. Esses são chamados ao seguimento de Jesus Cristo, configurados com o Mestre, enviados a anunciar o Evangelho do Reino da vida, animados pelo Espírito Santo», afirma.

Segundo o cardeal Agnelo, a Quinta Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e Caribenho, celebra em maio, em Aparecida, colocou em evidência que a finalidade de toda evangelização é fazer discípulos seguidores de Jesus.

«Esses, ao se tornarem cristãos, outros cristos, têm a missão de anunciarem a boa nova», afirma.

Para o arcebispo de Salvador, a «alegria» de ser discípulos missionários de Jesus inclui «anunciar a boa nova da dignidade humana, a boa nova da vida, a boa nova da família, a boa nova da atividade humana: o trabalho, a ciência e a tecnologia, o destino universal dos bens e a ecologia».

«O Evangelho de Jesus Cristo pode contribuir eficazmente para renovar a esperança de construir um mundo melhor para todos os seres humanos», destaca o cardeal.