Moçambique: nomeado bispo de Lichinga

| 970 visitas

CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 1 de janeiro de 2008 (ZENIT.org).- No último dia 30 de dezembro, o Santo Padre nomeou como bispo de Lichinga, em Moçambique, o Pe. Elio Greselin, S.C.J., atual provincial dos padres Dehonianos no país africano, conforme informa a Sala de Imprensa da Santa Sé.

O Pe. Elio Greselin, S.C.J., nasceu em 15 de novembro de 1938 em Tretto di Venza, diocese de Vicenza (Itália). Estudou filosofia e teologia no Seminário da Congregação dos Sacerdotes do Sagrado Coração de Jesus (Dehonianos) em Monza e Bolonha. Emitiu a profissão religiosa em 29 de setembro de 1956 e foi ordenado sacerdote em 23 de junho de 1965, em Bolonha.

Depois da ordenação foi estudar a língua portuguesa em Lisboa, até 1966. Desse mesmo ano, até 1975 foi formador dos jovens seminaristas no Seminário Menor de sua Congregação em Milevane/Zambezia, já em Moçambique.

Em 1975 retornou à Itália, onde se tornou o encarregado pela formação no seminário maior da província Dehoniana de Bolonha. Em 1991 retorna a Moçambique como mestre de noviços em Gurué.

Em 1996 inicia seu apostolado missionário em Alto Molócue e Gilé, na região de Zambezia e em 2004 se tornou o superior provincial dos Padres Dehonianos em Moçambique, com sede em Quelimane. Desde 2007 é Colaborador do Mestre de Noviços em Gurué.