Na Espanha, cardeal cubano reúne-se com ex-presos

| 811 visitas

MADRI, quarta-feira, 1º de dezembro de 2010 (ZENIT.org) – O cardeal Jaime Ortega, arcebispo de Havana, encontrou-se nessa terça-feira com ex-prisioneiros cubanos que hoje estão na Espanha.

O encontro, segundo informa a secretaria do cardeal, desenvolveu-se em um clima “franco e cordial”.

Vários ex-detentos transmitiram ao cardeal sua gratidão pelos gestos em favor da libertação e manifestaram sua preocupação com alguns familiares e companheiros que ficaram em Cuba.

O arcebispo de Havana disse que a Igreja continuará sua missão pastoral e humanitária a serviço dos cubanos, apesar de visões reducionistas de tipo político que alguns lançam sobre ela.

Cuba promete libertar mais 11 dissidentes e concluir assim o compromisso assumido em julho de soltar 52 ativistas e líderes de oposição presos desde 2003.

Segundo o arcebispo, os 11 últimos prisioneiros – cuja data de libertação ainda não está definida – teriam permissão para permanecer em Cuba. As libertações têm mediação da Igreja Católica e do governo da Espanha.