Nasce foro virtual de estudos «Joseph Ratzinger»

É um espaço que põe à disposição material sobre Bento XVI

| 870 visitas

Por Miriam Díez i Bosch

PAMPLONA, quarta-feira, 5 de dezembro de 2007 (ZENIT.org).- Acaba de ser criado o «Foro de Estudos Joseph Ratzinger» (http://www.unav.es/tdogmatica/ratzinger), dedicado a difundir pela Internet o pensamento do teólogo que hoje é Bento XVI.

Este foro virtual, criado na Universidade de Navarra, quer fundamentar e unificar algumas iniciativas teológicas e intelectuais dispersas que estão centradas na vida e na obra do atual pontífice.

Trata-se de um fundo documental na web no qual existe uma cronologia atualizada, uma bibliografia das obras de e sobre Joseph Ratzinger, alguns recursos bibliográficos em formato eletrônico e uma série de estudos sobre o teólogo alemão.

A página inicial oferece uma fotografia do jovem Joseph Ratzinger e um menu de navegação dividido em cronologia, bibliografia, textos e estudos.

Deste modo, coloca-se à disposição dos internautas um material de difícil acesso, ou que se encontrava disperso em diferentes sites da internet.

Trata-se de uma realização do professor Pablo Blanco Sarto, da faculdade de teologia da Universidade de Navarra, com a colaboração de Fernando Mendoza, do Instituto de Antropologia e Ética da mesma universidade.

O professor Pablo Blanco comentou à agência Zenit que «por enquanto recolhemos textos em inglês e espanhol, mas não excluímos a possibilidade de incorporar documentos em outras línguas. Pretendemos que o foro tenha o mais amplo alcance possível. E a internet permite este diálogo sem fronteiras».

«Em princípio, nossa prioridade é difundir os textos mais pessoais de Joseph Ratzinger, pois seu magistério como Bento XVI está muito bem recolhido em outros muitos lugares», revela este teólogo.

No foro «existem também textos pessoais no tempo do pontificado, por exemplo, o ‘Jesus de Nazaré', que também queríamos abordar», assinala.

Bento XVI ainda não sabe que existe este foro: «A verdade é que por enquanto não dissemos nada, pois queremos que - com o tempo - possa ser uma interessante fonte de dados. Mas certamente não excluímos a possibilidade de dar-lhe a conhecer esta iniciativa mais adiante, quando tenha um pouco mais de corpo. Pensamos que poderia ser uma bonita surpresa», confessa o professor Blanco.

O foro não quer ser só um lugar de encontro para teólogos: «Trata-se mais de um foro meramente teológico. Mas logicamente temos de dar uma ampla cobertura a todos os textos e estudos relacionados à sua teologia», declara.

A polêmica que surgiu pela conferência acadêmica do Papa em 12 de setembro de 2006 em Ratisbona também tem seu lugar no foro: «Parece-nos um tema sobre o qual ainda se disse muito pouco. Mas somos da opinião de que constitui uma espécie de sinfonia inacabada, sobre a qual ainda se pode dizer muito. Por enquanto, os titulares dos meios de comunicação não refletiram o verdadeiro conteúdo desse discurso», revela o professor Blanco, autor de vários livros sobre Joseph Ratzinger.

O foro espera ampliar seu fundo documental com sugestões dos usuários.