Neocatecumenal: 5.000 jovens para a vida consagrada

Encontro vocacional Internacional depois da Jornada Mundial da Juventude desperta vocações

Rio de Janeiro, (Zenit.org) | 754 visitas

Cerca de 50.000 jovens de todo o mundo participaram nesta segunda-feira no Rio de Janeiro do tradicional Encontro vocacional organizado pelo Caminho Neocatecumenal. É normal que essa realidade eclesial faça este tipo de evento depois do Jornada Mundial da Juventude, para bem recolher alguns dos seus frutos.

O encontro foi presidido pelo arcebispo do Rio, Orani Tempesta e cinco cardeais: o arcebispo de Viena, Christoph Schönborn, da Cracóvia, Stanislaw Dziwisz, de Boston, Sean O'Malley, de Sydney, George Pell e de São Paulo, Odilo Scherer. Também contou com a presença de 75 bispos e arcebispos e muitos catequistas itinerantes.

O Centro de Convenções Riocentro foi o local escolhido para a realização do grande evento, organizado pelos iniciadores e responsáveis a nível mundial do Caminho Neocatecumenal: Kiko Argüello, Carmen Hernández e o sacerdote Mario Pezzi. Os mais numerosos eram os peregrinos do Brasil, EUA, Itália e Espanha.

Depois de introduzir os cardeais e outros prelados, Argüello continuou com o anúncio do kerigma e acabou com o chamado vocacional para enviar padres missionários para a Ásia. À chamada responderam 3000 rapazes para ingressar no seminário e 2000 moças para a vida consagrada. Eles vão começar agora em seus respectivos países um processo para discernir se essa é a vocação para a qual Deus os chama.