No ano de seu jubileu, Lourdes receberá 10 milhões de peregrinos

O bispo local, Dom Perrier, faz uma relação entre Québec, Sydney e Lourdes

| 824 visitas

Por Anita S. Bourdin

LOURDES, domingo, 14 de setembro de 2008 (ZENIT.org).- No ano jubilar por ocasião dos 150 anos das aparições de Nossa Senhora, os santuários de Lourdes receberão cerca de 10 milhões de peregrinos, revela o bispo desta diocese, Dom Jacques Perrier.

Trata-se de 4 milhões a mais do que a média anual normal, que costuma ser de seis milhões, segundo explicou o prelado aos jornalistas em um encontro que aconteceu ontem à noite.

O bispo de Tarbes e Lourdes, encarregado de dar as boas -vindas ao Papa nesta localidade, estabeleceu um nexo entre este jubileu e os outros dois grandes acontecimentos que a Igreja universal viveu neste ano: o Congresso Eucarístico Internacional de Québec (junho) e a Jornada Mundial da Juventude em Sydney (Julho).

Este vínculo entre os três eventos explica o fato de que, na tradicional procissão eucarística deste domingo à tarde em Lourdes, que nesta ocasião foi concluída por Bento XVI, o Santíssimo Sacramento tenha sido levado sobre a Arca da Nova Aliança, que os organizadores do congresso de Québec levaram em procissão pelas paróquias do Canadá para preparar o evento.

Por outro lado, em Lourdes, nestes dias, esteve presente a Cruz das JMJ, confiada por João Paulo II aos jovens no final do Jubileu da Redenção (1983-1984), para que a levassem para percorrer o mundo inteiro.

Falando deste laço que se dá entre os três acontecimentos, celebrados em três lugares e momentos diferentes da vida da Igreja universal em 2008, Dom Perrier constatava: «Há uma coerência na Igreja, de um lugar a outro, mas também de um tempo a outro».