"No dia 12 de maio nasce na Itália um movimento pro vida unitário

O sociólogo Massimo Introvigne cumprimenta positivamente a união da Marcha pela Vida com a campanha "One of Us"

Roma, (Zenit.org) | 389 visitas

No dia 12 de maio em Roma milhares de pessoas estarão na Marcha pela Vida e em todas as paróquias italianas se recolherão as assinaturas pela iniciativa européia “Um de nós”, que quer recolher um milhão de adesões para pedir à União Européia parar todo tipo de manipulação e supressão dos embriões humanos.

"Com a conexão e a colaboração entre as duas iniciativas - diz o sociólogo de Turim Massimo Introvigne, na sua qualidade de regente nacional vigário da Aliança Católica, uma associação que participa seja da Marcha pela Vida seja de “Um de nós” – nasce finalmente um movimento Pro-vida unitário também na Itália, superando antigos conflitos entre as diferenes sensibilidades”.

"As sensibilidades diferentes permanecem, mas são menos importantes do que o objetivo compartilhado de dar um forte sinal que mostre a todos como na Itália, à semelhança do que ocorre em outros Países – pensemos nas grandes iniciativas nos Estados Unidos e na França – existe um único, grande movimento pro-vida que diz não ao aborto, à manipulação dos embriões e à eutanásia, cujas forças políticas não poderão ignorar”.