No dia 25 de setembro retorna o "Pátio dos Gentios" dedicado aos jornalistas

A atividade romana de iniciativa do Pontifício Conselho para a Cultura, no Templo de Adriano, colocará em diálogo personalidades importantes do mundo jornalístico, crentes e não-crentes

Roma, (Zenit.org) Redacao | 329 visitas

A partir deste 25 de Setembro reabre a temporada do "Pátio dos Gentios", uma iniciativa do Pontifício Conselho para a Cultura criado pelo cardeal Ravasi, inspirado por Bento XVI, que promove o diálogo entre as diferentes religiões e culturas. O primeiro evento romano do Pátio será dedicado aos jornalistas e acontecerá no cenário encantador do Templo de Adriano, na Praça di Pietra.

Destaque da noite será o diálogo entre o fundador do jornal "La Repubblica", Eugenio Scalfari, e o presidente do Pontifício Conselho para a Cultura, Gianfranco Ravasi. No centro do encontro os temas: "Ética da sociedade e ética da comunicação"; "Liberdade e responsabilidade na informação. Objetividade e Verdade"; "Jornalismo, cultura e fé. Crer e comunicar”. Sobre esses temas – diz um comunicado – o “Pátio dos Gentíos” quer “confrontar personalidades significativas do mundo do jornalismo com a tentativa de estabelecer um diálogo entre os protagonistas da informação crentes e não-crentes”.  

Na conversa entre Scalfari e Ravasi haverá dois debates com a participação de alguns diretores dos principais jornais nacionais da Itália, como Ferruccio de Bortoli, Mario Calabresi, Ezio Mauro, Roberto Napoletano, e colunistas como Lilli Gruber e Marcello Sorgi.

Trad.TS