"No Natal, volte às origens": uma campanha em prol das crianças palestinas

Iniciativa da ATS pro Terra Sancta quer ajudar as famílias de Belém

Roma, (Zenit.org) Redacao | 409 visitas

"No Natal, volte às origens" é o nome da campanha lançada pela ATS pro Terra Sancta a fim de ajudar as crianças e as famílias de Belém. A intenção é apoiar os mais vulneráveis​​, ou seja, as crianças pobres, daquele lugar tão especial da Terra Santa em que o próprio Deus se tornou criança.

"Com os recursos arrecadados, queremos apoiar a educação das crianças carentes e com problemas de aprendizagem”, diz o padre Pizzaballa, custódio da Terra Santa, “além de proporcionar assistência médica essencial".

“Neste Advento, Belém está cheia de festa, de alegria, de pessoas que visitam a cidade para reviver aquele momento que mudou a história da humanidade”, comenta o padre. “Mas existem muitas dificuldades e quem mais sofre com um sistema social extremamente frágil são os mais vulneráveis, as crianças”.

“Há muitas crianças em Belém que recebem ajuda dos irmãos, crianças que, sem esse apoio, não teriam esperanças. Nascer em Belém, hoje, significa vir ao mundo numa terra difícil, marcada pelo sofrimento e pela pobreza. A comunidade cristã”, continua Pizzaballa, “está diminuindo ano após ano. Mais e mais pessoas são forçadas a emigrar. Quem fica está lutando para cuidar dos filhos, para mantê-los na escola. Nos territórios palestinos não há nenhuma forma de assistência pública à saúde: os cuidados relacionados com qualquer tipo de doença são bancados pelas famílias, que muitas vezes não têm como arcar com tanto dinheiro, especialmente no caso de doenças crônicas ou de cuidados urgentes”.

“O nosso objetivo, este ano, como frades franciscanos da Custódia da Terra Santa, é destinar 200.000 euros para Belém. E acreditamos que, com uma pequena contribuição de todos, podemos ajudar 300 famílias palestinas e 250 crianças".