Nota da Arquidiocese de Aparecida sobre falecimento do cardeal Aloísio Lorscheider

| 962 visitas

APARECIDA, domingo, 23 de dezembro de 2007 (ZENIT.org).- Publicamos a seguir a nota da Arquidiocese de Aparecida sobre o falecimento do cardeal Aloísio Lorscheider, ocorrido na manhã deste domingo, na cidade de Porto Alegre, sul do Brasil.

O purpurado falecido foi arcebispo de Aparecida de 1995 a 2004, sendo sucessido no múnus pastoral por Dom Raymundo Damasceno de Assis.

* * *

NOTA  DE  FALECIMENTO

  

Com profundo pesar, comunico a todo o povo de Deus da Arquidiocese de Aparecida o falecimento do querido irmão no episcopado, o Arcebispo Emérito de Aparecida, Cardeal Dom Aloísio Lorscheider, OFM, ocorrido no dia 23 de dezembro de 2007, às 5h30, no hospital São Francisco,  em Porto Alegre, RS

Convido a todos a agradecerem  e a louvarem a Deus pelo bem que Dom Aloísio realizou  como religioso  franciscano,  bispo e cardeal  da Santa Igreja Católica.

Dom Aloísio foi bispo de Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul; Arcebispo de Fortaleza, no Ceará, e de Aparecida, sua última sede, onde permaneceu até março de 2004. Exerceu importantes cargos na Igreja, tendo-os desempenhado com grande dedicação e competência: Secretário-Geral e Presidente da CNBB, Presidente do  CELAM e  da Cáritas Internacional, e um dos presidentes da III Conferência Geral dos Bispos da América Latina e do Caribe, em Puebla, no ano de 1979.

Rogo a todos que conheceram Dom Aloísio e se beneficiaram de seu ministério, para que peçam a Deus, por intercessão da Bem-Aventurada Virgem Maria, de quem  foi grande devoto, de São José e de São Francisco que o atraiu à vida religiosa franciscana, que receba na sua glória, o querido irmão, que O amou e O serviu fielmente durante  toda  vida.

Aparecida, 23 de dezembro de 2007.

 

Dom Raymundo Damasceno Assis

Arcebispo de Aparecida, SP

Presidente do CELAM