Novo governo-geral dos Missionários de São Carlos Borromeu foi hoje eleito

Scalabrinianos confiam missão da congregação a Maria

| 860 visitas

FÁTIMA, quinta-feira, 22 de novembro de 2012 (ZENIT.org) - Os quarenta e quatro padres capitulares que participam, em Torres Vedras, no XIV capítulo-geral dos Missionários de São Carlos Borromeu – Scalabrinianos, peregrinam a Fátima no próximo domingo, 25 de novembro. Acompanhados por um grupo de Amora, paróquia da diocese de Setúbal que está a cargo da congregação, os Scalabrinianos pretendem confiar a Nossa Senhora o projeto que está a ser definido no capítulo-geral a decorrer.

“Vamos a Fátima como peregrinos para agradecer graças recebidas. Agradeceremos a eleição do novo superior-geral e do seu conselho e consagraremos ao Imaculado Coração de Maria a vida e a missão da congregação para os próximos seis anos”, sublinha, à Sala de Imprensa do Santuário de Fátima, o padre Rui Pedro, um dos missionários portugueses.

No contexto celebrativo dos 125 anos de fundação da congregação, o programa na Cova da Iria integra uma manhã livre e de oração, a participação numa eucaristia, às 12:30 na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, e, de tarde, a visita a Aljustrel.

Os Missionários de São Carlos Borromeu pretendem também consagrar a Nossa Senhora o novo governo-geral da congregação, hoje eleito. O padre Alessandro Gazzola, de nacionalidade italiana, foi eleito superior-geral da congregação. Além do missionário português padre Alfedo José Gonçalves, eleito 1º conselheiro/ vigário-geral, fazem parte do novo governo da congregação os seguintes sacerdotes: Sante Zanetti (2º conselheiro, italiano), Luis Antonio Dias Lamus (3º conselheiro, colombiano) e Gildo Baggio (4º conselheiro, italiano).

A Congregação dos Missionários de São Carlos é uma comunidade internacional de religiosos, que, em 30 países dos cinco continentes, acompanha os migrantes das mais diversas culturas, crenças e etnias.

(Fonte: assessoria de imprensa Santuário de Fátima, Portugal)