Novo presidente da Caritas Internationalis: cardeal arcebispo de Tegucigalpa (Honduras)

Eleito na Assembléia Geral da Confederação mundial

| 842 visitas

ROMA, quarta-feira, 6 de junho de 2007 (ZENIT.org) .- O cardeal Oscar Andrés Rodríguez Maradiaga, arcebispo de Tegucigalpa (Honduras), é o novo presidente da Cáritas Internationalis (CI).



Assim se decidiu pela eleição, na terça-feira, entre os membros da Confederação mundial, no marco da 18ª Assembléia Geral que estão celebrando na Cidade do Vaticano.

O purpurado hondurenho ficará no lugar do atual presidente, Denis Viénot, que também se havia apresentado como candidato para um segundo mandato, confirma um comunicado de CI.

Desde Tegucigalpa, o purpurado manifestou seu agradecimento e estima à Assembléia Geral pela confiança que depositam nele.

«Na Cáritas devemos trabalhar com afinco para atender as necessidades dos pobres -- expressou por telefone. Se queremos ser verdadeiros discípulos e missionários [em alusão ao tema da recente Conferência Geral do Episcopado da América Latina e do Caribe (CELAM), ndr], temos de reforçar o empenho na pastoral social de todos os nossos membros.»

«Especialmente neste período, devemos compartilhar os bens e lutar para acabar com a injustiça social -- anunciou. No 40º aniversário da 'Populorum Progressio', devemos promover o desenvolvimento como um meio de mitigar e erradicar a pobreza.»

O cardeal salesiano Oscar Andrés Rodríguez Maradiaga nasceu em 1942, em Tegucigalpa.

Foi ordenado sacerdote em 1970. É doutor em Teologia pela Universidade Pontifícia Lateranense de Roma, e licenciado em Psicologia e Psicoterapia Clínicas pela Universidade Leopold Franz de Innsbruck.

Desde 1978 é bispo auxiliar de Tegucigalpa, circunscrição eclesiástica que pastoreia como arcebispo desde 1993. Presidiu o CELAM de 1995 a 1999.

Atualmente, preside a Conferência Episcopal de Honduras. Foi vice-presidente da Cáritas Honduras.

João Paulo II o nomeou cardeal em 2001.

Desta forma, a Assembléia Geral de CI elegeu como Tesoureiro Grigor Vidmar. Na próxima sexta-feira, elegerá o novo secretário-geral.

No sábado, ao finalizar a convocatória no Vaticano, o cardeal Rodríguez Maradiaga tomará oficialmente posse de seu cargo e passará a ser o representante mundial e presidente da Confederação da Cáritas, integrada por 162 agências católicas que desenvolvem seu trabalho de assistência sem distinção de religião, etnia, credo ou orientação política em mais de 200 países e territórios.