O Conselho do Sínodo já trabalha com os resultados do questionário sobre a família

Conclui no Vaticano a reunião de dois dias do Conselho. O percentual das respostas foi muito alto

Roma, (Zenit.org) Redacao | 434 visitas

Depois de dois dias de trabalho dos Cardeais no Consistório extraordinário sobre a família, também o Conselho Ordinária do Sínodo dos Bispos reuniu-se nos dias 24 e 25 de fevereiro em Roma para discutir os resultados da investigação lançada em novembro de 2013 com o envio de um questionário sobre questões relativas à família, enviadas para as conferências Episcopais de todo o mundo.

O percentual das respostas foi muito alto, como foi confirmado pelo comunicado de imprensa da Santa Sé. "Foram adicionados depois observações recebidas por pessoas e grupos de todo o mundo”, informa.

O Conselho foi presidido, na tarde da segunda-feira (24), pelo Santo Padre Francisco que destacou “a importância que atribui à estrutura do Sínodo como expressão da colegialidade episcopal e ao tema da próxima Assembleia extraordinária de 2014 e da ordinária de 2015”.

O projeto de resumo das respostas recebidas foram apreciados por unanimidade, disse o comunicado. Deste “se deriva a voz da Igreja em todos os seus componentes e na variedade das situações contextuais, seja com relação à urgência de anunciar com um novo vigor e modalidade o evangelho da família, como sobre os desafios e as dificuldades conectadas com a vida familiar e suas eventuais crises”.

As observações feitas – destaca o comunicado – durante a discussão serão tomadas em conta na hora de elaborar o projeto de síntese. Também destacou-se nestes dois dias a unidade das duas etapas previstas para a reflexão sinodal sobre a família, com o objetivo de apresentar ao Santo Padre ao terminar o Sínodo ordinário propostas a partir das quais ele poderá elaborar a sua exortação apostólica.

Na reunião estavam presentes o relator geral, o cardeal Peter Erdo, arcebispo de Esztergom- Budapeste e o secretário especial, Dom Bruno Forte, arcebispo de Chieti-Vasto. Nessa ocasião, o Santo Padre abençoou a nova ala da sede da Secretaria-Geral com a Capela e os novos escritórios.

(Trad.TS)