O papa chega a Jerusalém e se encontra com o patriarca Bartolomeu

Os dois líderes cristãos assinam uma declaração conjunta

Jerusalém, (Zenit.org) Redacao | 498 visitas

O Santo Padre chegou ao heliporto de Jerusalém por volta das 18h15 do horário local (12h15 no horário de Brasília) e foi recebido pelo prefeito da cidade, Nir Barkat, acompanhado por um entusiasmado grupo de estudantes que agitava as bandeiras de Israel e do Vaticano.

Do heliporto, o papa se dirigiu de carro para o encontro privado com o patriarca ecumênico de Constantinopla, Sua Santidade Bartolomeu, que, acompanhado por três altos dignitários, está sendo acolhido pelo delegado apostólico em Jerusalém e na Palestina, dom Giuseppe Lazzarotto.

O encontro do papa Francisco com o patriarca Bartolomeu começou às 18h30 do horário israelense (12h30 em Brasília) e contou com a presença do secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolín, e do presidente do Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos, cardeal Kurt Koch.

Depois da troca de presentes e do momento inicial de encontro privado, o papa e o patriarca ecumênico assinaram um declaração conjunta.

Ao finalizar o encontro, o papa foi de carro até o Santo Sepulcro, enquanto o patriarca ecumênico se dirigiu até o patriarcado greco-ortodoxo e depois ao Santo Sepulcro.

O Santo Sepulcro é o lugar onde acontece o encontro ecumênico que celebra o 50º aniversário do encontro entre o papa Paulo VI e o patriarca Atenágoras, em Jerusalém. O papa Francisco fará ali o seu último discurso do dia.

Francisco presenteou ao patriarca Bartolomeu um Codex Pauli, dedicado ao papa Bento XVI, que instaurou o Ano Paulino. O Codex inclui as contribuições inéditas do patriarca ecumênico de Constantinopla; de Sua Santidade Kirill, patriarca de Moscou e de Todas as Rússias; de Sua Beatitude Gregório III, patriarca melquita de Antioquia e de todo o Oriente; do cardeal Tarcisio Bertone, anterior secretário de Estado do Vaticano; de S.G. Dr. Rowan Williams, primaz da Comunhão Anglicana; do Dr. Eduard Lohse, bispo emérito da Igreja Evangélica de Hannover, entre muitos outros. A apresentação e as introduções aos escritos paulinos

são do cardeal Gianfranco Ravasi e de notáveis estudiosos, biblistas e teólogos.

O Codex Pauli é um volume único de 424 páginas, com 35x48x10 centímetros de dimensão e de belíssima composição gráfica.