Compartilhe este artigo

O papa Francisco lembra que a vida é sagrada e inviolável sempre

Fala aos ginecólogos católicos sobre o paradoxo da profissão médica, alerta sobre a "cultura do descarte" e que em cada rosto de criança não nascida ou de pessoa idosa enferma está o rosto de Cristo Francisco refletiu sobre a situação paradóxica da profissão médica. Por um lado, explicou, estão os progressos da medicina e por outro o risco de que o médico perca a própria identidade de …