O Papa recebe o primeiro-ministro da Bósnia e Herzegovina

Manifestou satisfação no diálogo sobre as relações bilaterais, graças ao Acordo de 2006, e abordou questões como os novos desafios do País e a contribuição dos católicos na sociedade

Roma, (Zenit.org) Redacao | 425 visitas

O Papa Francisco recebeu esta manhã em audiência, no Palácio Apostólico Vaticano, o Presidente do Conselho dos Ministros da Bosnia e Herzegovina, Vjekoslav Bevanda.

O Primeiro-Ministro, em seguida, reuniu-se com Mons. Pietro Parolin, Secretário de Estado, acompanhado pelo Arcebispo Dominique Mamberti, Secretário para as Relações com os Estados. As reuniões – refere um comunicado da Sala de Imprensa vaticana –foram realizadas "em uma atmosfera de cordialidade" , e "deram a oportunidade para uma troca de opiniões sobre a atual situação na Bósnia e Herzegovina " e "sobre os principais progressos que o País espera, como também sobre os esforços para promover uma sociedade sempre mais aberta e respeitosa dos direitos de todos os cidadãos e sobre os desafios que a atual crise econômica impõe”.

Durante a audiência, continua a nota, “manifestou-se expressa satisfação pelas boas relações bilaterais, cujo acordo base do 2006 é uma importante expressão, favorecendo a colaboração entre a Igreja e o Estado para o bem comum e o desenvolvimento do País”. Por fim, conclui o comunicado, foram tocados “alguns temas relativos à aplicação de tal Acordo, como também a contribuição dos católicos na sociedade”. 

(Trad.TS)