O patriarca Tawadros pede que o papa unifique as datas da Páscoa

O núncio apostólico no Egito entrega um convite ao patriarca para enviar um representante ao Sínodo dos Bispos

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) Redacao | 717 visitas

O patriarca da igreja copta ortodoxa Tawadros II enviou uma carta ao Santo Padre por ocasião do primeiro aniversário do seu encontro no Vaticano. Tawadros propõe que o papa determine uma data única para a celebração da Páscoa em todas as igrejas cristãs. Segundo as informações da Agência Fides, o porta-voz da Igreja copta ortodoxa especificou que a carta dirigida a Francisco foi entregue ao núncio apostólico na República Árabe do Egito, dom Paul Gobel, e recebida na terça-feira, 6 de maio, na sede do patriarcado copta.


O representante pontifício entregou ao patriarca um convite a enviar um representante da Igreja copta à próxima Assembleia do Sínodo dos Bispos Católicos, que acontecerá de 5 a 19 de outubro no Vaticano e cujo tema será a família.


"A unificação das datas da celebração da Páscoa da Ressurreição é uma urgência muito sentida no norte da África e no Oriente Médio, onde coexistem, no mesmo território, igrejas e comunidades cristãs que fixam a data da Páscoa de diferentes maneiras", diz a nota veiculada pela Fides.

De acordo com o calendário gregoriano, a Páscoa é celebrada no primeiro domingo depois da lua cheia após o equinócio da primavera no hemisfério norte. Portanto, a data varia entre 22 de março e 25 de abril. Já no calendário juliano, a data da Páscoa sempre cai entre os dias 4 de abril e 8 de maio.