O povo sírio acolhe o novo apelo do papa Francisco pela paz

A paz é o bem supremo para reconstruir a Síria, afirma o procurador do patriarca greco-latino

Roma, (Zenit.org) | 465 visitas

O arquimandrita Mtanios Haddade, procurador do patriarca greco-católico Gregorio III Laham perante a Santa Sé, comentou em entrevista à Fides sobre o novo chamamento lançado pelo papa em favor da paz na Síria. O arquimandrita afirmou que "para devolver a esperança à nação síria, para reconstruir as escolas, as infraestruturas, os hospitais, para permitir o retorno dos refugiados, o bem supremo e necessário é a paz. Por isso, acolhemos com respeito e amor o novo apelo do papa Francisco a nos comprometermos com uma solução pacífica".

“Depois de dois anos e meio de conflito e sofrimento imenso para o povo sírio, é hora de acolher o convite cordial do papa”, acrescenta o padre Haddade. “Considerando a degeneração do conflito, com a entrada de muitos militantes estrangeiros, a expansão do fanatismo religioso e dos muitos grupos armados, esperamos que os esforços da comunidade internacional se voltem na direção indicada pelo papa. Como cristãos sírios, nós insistimos em nunca depositar a nossa confiança na guerra e nas armas, e continuamos promovendo o diálogo, a justiça e a paz”.

Na audiência geral de quarta feira, o santo padre fez um novo chamado à paz, especialmente na Síria: “Comprometamo-nos, todos, com uma solução diplomática e política para os focos de guerra que ainda preocupam. O meu pensamento se volta de maneira especial à querida população síria, cuja tragédia humana só pode ser resolvida com o diálogo e com a negociação, no respeito da justiça e da dignidade de cada pessoa, especialmente dos mais fracos e indefesos”.