O santo padre celebrará a missa do dia de Todos os Santos no cemitério Verano, de Roma

O simbólico cemitério romano tem grande relevância nos últimos três séculos da Cidade Eterna

Roma, (Zenit.org) Redacao | 697 visitas

Na solenidade de Todos os Santos, dia 1º de novembro à tarde, o papa Francisco celebrará a santa missa na entrada do cemitério monumental de Roma, seguida por uma oração e pela bênção dos túmulos. A informação é do site da  arquidiocese de Roma, que acrescenta que o papa será acompanhado pelo bispo auxiliar e pelo pároco do cemitério.

O enorme campo santo é o principal e mais conhecido da Cidade Eterna, reconhecido como um “museu a céu aberto” graças à quantidade de obras e testemunhos artísticos culturais dos séculos XIX e XX.

O cemitério atual foi criado durante o reinado napoleônico (1805-1814), que decretou que as sepulturas deveriam ficar localizadas fora das muralhas da cidade. O papa Pio VII, ao retornar a Roma, manteve o cemitério após a abdicação de Napoleão.

No cemitério Verano estão enterrados os Zuavos Pontifícios, o corpo militar de elite composto por combatentes voluntários, muitos dos quais morreram ao defender a cidade de Roma antes da sua queda, durante a unificação italiana e o pontificado de Pio IX.

(RED/HSM)