O segredo da serenidade do Papa: transparecer Jesus Cristo

Segundo o porta-voz da Santa Sé, Federico Lombardi

| 1238 visitas

CIDADE DO VATICANO, sexta-feira, 17 de setembro de 2010 (ZENIT.org) – O Papa Bento XVI viajou ao Reino Unido “com coragem e alegria”, e esta serenidade já é uma primeira mensagem e exemplo para os fiéis.

É o que afirma o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, pe. Federico Lombardi, no editorial desta semana de Octava Dies, jornal informativo do Centro Televisivo Vaticano.

Apesar das anunciadas polêmicas e oposições, o Papa continua dando razão da esperança cristã com “doçura e respeito”, afirma Lombardi.

Referindo-se à conversa do Papa com os jornalistas no voo papal, o porta-voz vaticano afirmou que o Papa não estava preocupado com possíveis polêmicas e oposições, mas viajava com "alegria”.

“Disse que a Igreja não deve preocupar-se tanto em se mostrar forte e atrativa, mas transparecer totalmente a pessoa e as palavras de Jesus Cristo”. Se o fizer, “fez seu dever, realiza sua missão e não tem motivo algum para ter medo”.

Aqui, destaca Lombardi, “está a simplicidade secreta do Papa, mesmo em situações difíceis”. Esta serenidade “por si mesma já é mensagem e exemplo para os católicos”.

“O segredo é, de fato, a fé em Jesus Cristo”, acrescenta o porta-voz; uma fé que o Papa “propõe com inteligência, confiança e com alegria, respeitando os questionamentos e as dificuldades de seus interlocutores.”