Oriente Médio: uma “cidadela de meios de comunicação”

Iniciativa de Télé Lumière e do satélite NourSat, do Líbano

| 871 visitas

ROMA, quarta-feira, 27 de outubro de 2010 (ZENIT.org) - Dois importantes meios televisivos libaneses - Télé Lumière e o satélite correspondente, NourSat - impulsionam um projeto denominado "cidadela de meios de comunicação". A iniciativa católica se estende agora a todo o Oriente Médio.

A nova estrutura editorial acolherá dois grandes meios audiovisuais da Igreja no Oriente Médio, três emissoras de rádio, um jornal, uma revista e diferentes sites informativos, segundo anunciou o Sìnodo dos Bispos para o Oriente Médio no último final de semana.

O ato de colocação da primeira pedra desta cidadela aconteceu no dia 1º de outubro de 2008, com a assistência dos patriarcas do Oriente. A sede está situada em um complexo doado pela Igreja Maronita, que abrange 27 quilômetros quadrados.

O projeto é apoiado pela Assembleia de Patriarcas Católicos do Oriente, pelos bispos e pelos superiores gerais das comunidades católicas do Líbano.

A nova cidadela se situa na região de Fatka, na circunscrição de Kesrwan, em uma das mais espetaculares montanhas que mostram a costa libanesa, acima da cidade de Jounieh, entre Fatqa e Biblos.

O projeto prevê três blocos de edifícios. No centro, terá uma grande igreja aberta a todas as dominações cristãs.

Uma seção contará com oito estúdios de televisão, um teatro interno com 700 lugares, três salas de conferências, seis salas multifuncionais, um instituto de música e um de gravação, um centro de pesquisas teológicas, um espaço para exercícios espirituais e retiros, sem contar com os serviços para empregados e visitantes.

Na mesma seção se situarão três estações de satélite, uma para Noursat e duas para Nour al-Shabab e Nour al-Sharq, uma biblioteca, um museu e um centro para a preparação e formação em novas profissões de comunicação.

Em uma terceira seção, haverá 155 escritórios dotados das mais recentes tecnologias, ao serviço dos patriarcas, dioceses, paróquias e instituições humanitárias.

Da mesma forma, Télé Lumière e Noursat emitirão em árabe, a língua dos cristãos do Oriente, ainda que haja projetos para trocar as diversas experiências e as diferentes sensibilidades cristãs presentes na região, através de emissões em inglês, francês, espanhol, português, siríaco e grego.

Nascidos nos anos 90 por iniciativa de um grupo de fiéis leigos empenhados no serviço à Igreja, Télé Lumière e Noursat não têm fins lucrativos e quase a metade da equipe trabalha voluntariamente.

Para a construção da "cidadela dos meios de comunicação", existem várias formas de contribuição, inclusive online, no site www.noursat.tv.