Os jogadores do Barcelona na Terra Santa para um "Tour da Paz"

Depois de um jogo com as crianças enfermas de câncer e a visita à Cidade Velha de Jerusalém, os jogadores exibiram-se em um treinamento público na presença de 12 mil crianças judias e árabes

Roma, (Zenit.org) Redacao | 456 visitas

Para 12.000 crianças Judias e Árabes as datas do 3 e 4 de agosto de 2013 serão para sempre uma lembrança inesquecível. Nesses dias, de fato, um dos jogadores de futebol mais populares do mundo, Lionel Messi, visitou a Terra Santa para um "Tour da Paz", juntamente com outros dos colegas mais famosos: Dani Alves, Gerard Pique, Andres Iniesta e a nova aquisição Neymar do Brasil.

A esperança era a de conseguir organizar um grande jogo de futebol entre um time Israel-Palestino e o Barcelona, mas os jogadores preferiram organizar um breve jogo com crianças enfermas de câncer, guiados pelo Primeiro Ministro Israelense Benjamin Netanyahu. Na Cidade Velha de Jerusalém, visitaram depois o Muro Ocidental, colocando bilhetes com as suas orações entre as pedras antigas, de acordo com a tradição Hebraica.

Um dos momentos mais intensos foi o treinamente aberto ao público diante de 12.000 crianças maravilhadas que puderam admirar as habilidades futebolísticas e as técnicas dos jogadores. A presença dos jogadores na Terra Santa foi portanto uma ocasião de entretenimento e de serenidade para uma terra muitas vezes marcada pelo medo e pela violença. De fato, o presidente de Israel Shimon Peres definiu os jogadores “embaixadores da paz” e agradeceu-lhes pela sua visita. Depois deu, literalmente, o pontapé inicial que começou o treino.

Trad.TS