Os números são frios, mas a JMJ está pegando fogo

Equipe de imprensa da JMJ anuncia os números oficiais da Jornada

Rio de Janeiro, (Zenit.org) Thácio Siqueira | 586 visitas

No final dessa manhã, no Centro de Mídia localizado em Copacabana, a equipe da JMJ anunciou os números oficiais da Jornada.

Tendo como mediador Benjamín Paz, gerente do Departamento de Comunicação da JMJ, a equipe anunciou por meio da Ir. Shaiane Machado, responsável das inscrições, e da Ir. Graça Maria, responsável das hospedagens, os números finais da JMJ e informações sobre a hospedagem.

Ir. Shaiane Machado introduziu dizendo aos jornalistas "embora vocês queiram saber de números, nos preocupamos muito com as pessoas".

Temos jovens de 175 países. Um total de 355 mil inscritos, embora as inscrições continuem abertas. Ainda há um ponto no sambódromo para as inscrições. No total são 220 mil brasileiros, 60% da região sudeste, seguidos do Sul, Nordeste (o Estado mais representativo é Pernambuco). Em segundo lugar, logo depois do Brasil está Argentina com um total de 23 mil argentinos, seguidos de 10800 dos EUA, 9200 do Chile, 7706 italianos, 6153 Venezuela, 5500 da França e logo seguem Perú, Paraguai, México e demais países...

A região Sudeste conta com o maior número, tendo em vista a própria localização e a maior facilidade de transporte. A maioria dos inscritos são mulheres, chegando a um total de 56%. Entre os inscritos a maioria são jovens entre 14 e 25 anos. E também temos 10% de inscritos acima de 45 anos. O idioma de comunicação é principalmente o português e depois o espanhol.

Ir. Graça Maria, responsável das hospedagens, informou que há um total 355 mil vagas oferecidas pela população aos peregrinos, divididos dessa forma: 127 862 peregrinos em casas de famílias e 227 747 em instituições particulares, colégios e clubes. Também 132 077 peregrinos pediram alojamento para a semana completa e 47 791 só virão no fim de semana.

"Não podemos ficar só com os números, porque são bastante frios, temos que ver e interpretar o que está acontecendo no Rio de Janeiro. A Jornada tem muitas histórias e essas histórias estão aqui", disse Benjamín Paz, gerente do Departamento de comunicação da JMJ, no final da coletiva.