Os passos para validar seu diploma de teologia no Brasil (Parte II)

Diretor Geral da Faculdade Dehoniana, Dr. Pe. João Carlos de Almeida, em entrevista a ZENIT

Brasília, (Zenit.org) Thácio Siqueira | 2422 visitas

O Dr. Pe. João Carlos de Almeida, scj, Diretor Geral da Faculdade Dehoniana no Brasil, concedeu a ZENIT uma entrevista sobre o processo de validação dos diplomas de teologia no Brasil.

Publicamos hoje a segunda parte da entrevista. Para ler a primeira parte clique aqui.

***

ZENIT: O que se exige para entrar no programa de validação?

PE. JOÃO: Exige-se praticamente que o curso que a pessoa tenha feito no seminário, ou na instituição X ou Y, tenha 1600 horas no mínimo. A partir disso, a pessoa tem que completar a carga horária na faculdade que está oferecendo a convalidação. No nosso caso, a carga horária é de 3.000 horas. O MEC exige que, no mínimo, 20% da carga horária do curso seja feita na faculdade que está oferecendo a convalidação. Isso significa que a convalidação não é aproveitamento de disciplinas, mas de conhecimentos teológicos.

ZENIT: Pode ser por sistema semi-presencial esses 20%?

PE. JOÃO: Pode ser com o uso de tecnologia semi-presencial, por exemplo, por meio da Internet. A Faculdade Dehoniana utiliza este recurso para oferecer 20% de sua carga-horária, que correspondem a 600 horas, conforme permite a lei. Mas antes de tudo é necessário prestar um vestibular. Depois o aluno terá de cursar 300 horas em disciplinas no primeiro semestre e 300 horas num segundo semestre. As provas devem necessariamente ser presenciais. No final o aluno deve defender seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), que pode ser o mesmo que apresentou no Curso Livre. A partir daí está apto para colar grau.

ZENIT: Como é o vestibular?

PE. JOÃO: Para fazer o vestibular é preciso ir à faculdade. A prova acontece na forma de redação e depois a pessoa tem que apresentar toda a documentação para matrícula: histórico, certificado de conclusão de um curso livre... e tudo o que se encontra no site da Faculdade Dehoniana.

ZENIT: O termo “curso livre” é utilizado também para definir alguém que tenha um diploma de uma faculdade estrangeira?

PE. JOÃO: Aquí nos deparamos com algo novo. A legislação educacional brasileira permite revalidação de diplomas de graduação obtidos no exterior em países com os quais o Brasil tem acordos educacionais, porém esse proceso só pode ser feito por universidades públicas (Federais e estaduais). No Brasil, no momento, não existe nenhuma universidade pública que tenha curso de teologia. Nesse caso, a única forma de receber reconhecimento civil de um curso de teología realizado no exterior é por meio da convalidação.

ZENIT: Quando é o vestibular?

PE. JOÃO: O vestibular acontece agora durante todo o mês de julho. A pessoa agenda o dia e o horário que lhe for mais conveniente. No final do ano teremos outro vestibular, este, porém, com uma data fixa.

ZENIT: Como são as instalações da Faculdade?

PE. JOÃO: É um prédio bem aparelhado. Temos recebido conceitos muito bons nas avaliações do Ministério da Educação. Toda sala de aula real tem uma extensão virtual, computador, datashow e outros recursos. No ano de 2005 foi construída uma nova ala. Nossa biblioteca tem mais de 60.000 volumes.

ZENIT: E quais são as outras carreiras?

PE. JOÃO: Temos filosofia e teologia, que é a nossa tradição. Mas, estamos preparando a abertura do curso de Administração de Empresas.

ZENIT: O que vocês oferecem de pós-graduação?

PE. JOÃO: Temos pós-graduação em Gestão Religiosa, em Teologia e também em Doutrina Social da Igreja, gerenciada pelo nosso Centro de Estudos Léon Dehon (CELDE) que faz parte de uma rede internacional ligada ao Pontifício Conselho de Justiça e Paz, para cultivar e divulgar a Doutrina Social da Igreja, que era um dos grandes objetivos do nosso fundador, Léon Dehon. Ele foi contemporâneo da Encíclica Social Rerum Novarum. Temos também uma pós-graduação muito interessante que está abrindo uma quarta turma agora em janeiro de 2013: Pós-graduação para Formadores de Seminários e Casas de Formação. É uma iniciativa da Faculdade em parceria com a CNBB por meio da OSIB Sul 1. 

ZENIT: Como está formado o Corpo docente?

PE. JOÃO: 97% do nosso corpo docente é formado por mestres e doutores. Metade mestres e metade doutores. Alguns com doutorado em Roma, outros na Bélgica e em outras partes do mundo.

ZENIT:  Quem quiser convalidar o seu diploma de teologia precisaria correr para fazê-lo?

PE. JOÃO: Olha, o meu conselho é que corra. Nunca sabemos até quando irá vigorar o Parecer 063. Para outros cursos como filosofia, marketing e fisioterapia esta possibilidade ficou aberta um tempo e depois a porta se fechou.  Quem deixou para amanhã ficou sem a possibilidade. No Brasil temos até doutores em teologia que, em nível civil, só têm o Ensino Médio.

Para maiores contatos: (12) 3625-8080,  

Site: www.dehoniana.org.br,

E-mail: dehoniana@uol.com.br; convalidacao@dehonianaonline.org.br