Os Santuários são Oásis da Igreja, para o mundo que carece de sentido.

Entrevista com o reitor do Santuáro Nacional de Aparecida, Pe. Darci J. Nicioli, CSsR (segunda parte)

| 959 visitas

BRASILIA, quarta-feira, 29 de Fevereiro de 2012 (ZENIT.org).- O reitor do Santuário Nacional de Aparecida, pe. Darci José Nicioli CSsR, concedeu ao zenit uma entrevista exclusiva sobre o trabalho evangelizador realizado no Maior Santuário Mariano do mundo.

Publicamos hoje a segunda parte da entrevista. Para a primeira parte podem clicar nesse link.

***

Muitos brasileiros passam pelo Santuário de Aparecida a cada fim de semana. Como é o trabalho sacramental no santuário: missas, confissões?

Pe. Darci J. Nicioli: Lex orandi, Lex credenti: evangelizamos pela liturgia, pelo anúncio explícito da Palavra de Deus e pela religiosidade popular. No Santuário o peregrino sempre encontra acolhida, particularmente na Eucaristia e no Sacramento da Reconciliação. São 6 Missas diárias durante a semana e 7 Missas aos sábados e domingos. Também as celebrações de bênçãos e os exercícios da religiosidade popular, como terços e procissões. O trabalho exigente e humanamente compensador é o atendimento das confissões, onde é grande a presença de peregrinos e exige dedicação extremada dos presbíteros. São atendidos milhares de penitentes a cada dia no Santuário Nacional, com catequese de preparação, celebração penitencial e acolhimento pessoal e individual. Também é expressivo o número de batizados, pois os devotos fazem promessa de batizar seus filhos e afilhados.

Ser reitor do maior santuário mariano do mundo traz consigo uma grande responsabilidade. Como o senhor afronta a sua missão a cada dia?

Pe. Darci J. Nicioli: O reitor funciona como o maestro de uma grande sinfônica. Ninguém faz nada sozinho e trabalhar em equipe é fundamental. O planejamento pastoral é realizado em comissões e as ações são subdivididas por setores. A atual comunidade religiosa conta com 33 membros, entre presbíteros e leigos consagrados. São quase 800 os voluntários nos vários ministérios: ministério extraordinário da eucaristia, ministério do anúncio da Palavra e ministério da Acolhida. Além desses, são mais de 1300 os colaboradores/funcionários. Essa grande equipe, bem organizada e dirigida, realiza o acolhimento dos peregrinos, celebra e testemunha a misericórdia de Deus, pelas mãos carinhosas da Senhora Aparecida.

Qual é a ligação dos Redentoristas com o Santuário Nacional de Aparecida?

Pe. Darci J. Nicioli: Os Missionários Redentoristas vieram para Aparecida em 1894, há 118 anos, provenientes da Baviera (Alemanha). Logo pegaram o espírito religioso do Povo brasileiro. Fundaram em 1900 um Jornal “O Santuário de Aparecida”, que ainda hoje é impresso. Há 60 anos fundaram a Radio Aparecida e, há 6 anos, a TV Aparecida. Difundiram e tornaram nacionalmente conhecida a devoção à Aparecida. Construíram este Santuário e fortaleceram através das Missões Populares essa devoção e, em contra partida, o Santuário nos deu identidade, pois somos conhecidos como os Missionários de Nossa Senhora Aparecida. O jeito simples do missionário, a palavra vibrante e fácil de ser entendida, estilo próprio do redentorista, caiu na graça do povo. Posso afirmar que o Redentorista e o Santuário de Aparecida se identificam, mutuamente.

Aparecida é referência da Igreja a nível mundial, foi sede de grandes encontros da Igreja Latinoamericana e também lugar de peregrinação dos Papas. Como manter uma estrutura deste tamanho? Como os nossos leitores podem ajudar o Santuário Nacional de Aparecida?

Pe. Darci J. Nicioli: O Santuário Nacional sempre foi mantido pela doação dos fiéis devotos de Nossa Senhora Aparecida. Há 10 anos foi iniciada a CAMPANHA DOS DEVOTOS, fundamental para as obras evangelizadoras que se realizam através dos Mass Média; para as obras de construção e manutenção da grande Basílica; e para as obras sociais do Santuário Nacional (Santa Casa de Misericórida; Projeto Musical para crianças e jovens; Asilo Nossa Senhora Aparecia; Casa do Pequeno, com creche e cursos profissionalizantes). Também fazemos investimentos para garantir a sustentabilidade do Santuário, no presente e no futuro.

Quem ajuda a pregação tem merecimento de pregador. Portanto, convidamos a todos para participar da CAMPANHA DOS DEVOTOS. A colaboração é sempre espontânea e pode ser realizada através de Boleto bancário, que acompanha a Revista de Aparecida ou por débito automático. Para fazer o cadastro: através do nosso Portal www.A12.com; pelo telefone 0 300 2 101210 ou enviando carta ao Santuário Nacional, no endereço: CAMPANHA DOS DEVOTOS - Avenida Dr. Julio Prestes S/N – 12.570-000 APARECIDA SP

Sejam sempre bem-vindos à Casa da Mãe Aparecida!

Por Thácio Siqueira