Papa advoga por uma maior valorização da mulher

| 1363 visitas

CIDADE DO VATICANO, domingo, 8 de março de 2009 (ZENIT.org).- Bento XVI advogou por uma maior valorização da mulher ao celebrar este domingo o Dia Internacional da Mulher.

Após rezar o Ângelus com milhares de fiéis congregados na praça de São Pedro, no Vaticano, o Santo Padre convidou «a refletir sobre a condição da mulher e a renovar o compromisso para que sempre e em todo lugar cada pessoa possa viver e manifestar em plenitude suas próprias capacidades, obtendo pleno respeito por sua dignidade».

O pontífice recordou que este é o ensinamento do Concílio Vaticano II e do Magistério dos papas, em particular a carta apostólica Mulieris dignitatem, do servo de Deus João Paulo II (15 de agosto de 1988).

«Agora – reconheceu –, os testemunhos dos santos têm mais valor que os documentos; e nossa época teve o de Madre Teresa e Calcutá: humilde filha da Albânia, convertida, pela graça de Deus, em exemplo para todo o mundo no exercício da caridade e no serviço da promoção humana».

Ao mesmo tempo, exclamou, «outras muitas mulheres trabalham cada dia, no escondimento, pelo bem da humanidade e pelo Reino de Deus!».

Por este motivo, concluiu assegurando sua oração «por todas as mulheres para que sejam cada vez mais respeitadas em sua dignidade e valorizadas em suas positivas potencialidades».