Papa apresenta modelo de vida de Santo André apóstolo

Aos jovens, doentes e recém-casados

| 2719 visitas

CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 28 de novembro de 2007 (ZENIT.org).- Bento XVI apresentou nesta quarta-feira aos fiéis, em particular aos jovens, doentes e recém-casados, o modelo de vida de Santo André, apóstolo e irmão de São Pedro.



Primeiro, ele se dirigiu aos rapazes e moças presentes, alguns com seus colégios ou universidades. Recordando que em 30 de novembro se celebrará sua festa, o Papa desejou que sua figura seja pare eles «um modelo de testemunho cristão fiel e valente».

Saudando os enfermos presentes na Sala Paulo VI, alguns em cadeiras de rodas, desejou-lhes que Santo André interceda por eles para que «o consolo divino prometido por Jesus aos aflitos encha vossos corações e os fortaleça na fé».

Por último, dirigindo-se aos recém-casados, alguns deles com sua roupa de casamento, alentou-os a «corresponder sempre ao projeto de amor do qual Cristo vos tornou partícipes com o sacramento do matrimônio».

André descobriu Jesus acompanhando São João Batista, de quem era discípulo. Junto a seu irmão Pedro, foi chamado por Cristo a ser «pescador de homens».

O historiador Eusébio de Cesaréia (c. 275-339) escreve que após a ascensão de Jesus, André pregou o Evangelho na Ásia Menor e no sul da Rússia. Depois, na Grécia, ele se converteu em pastor dos cristãos de Pátras.

Lá foi martirizado no suplício de uma cruz em forma de «X», com cordas e de cabeça para baixo. Mais tarde ela seria chamada de «cruz de Santo André». Segundo a tradição, era 30 de novembro do ano 60.