Papa convida a renovar celebração da misericórdia na Confissão

Mensagem na 60ª Semana Litúrgica Nacional Italiana

| 1876 visitas

CASTEL GANDOLFO, terça-feira, 25 de agosto de 2009 (ZENIT.org).- Bento XVI pediu que se retome e renove a celebração da misericórdia de Deus no sacramento da Confissão, em uma mensagem enviada à 60ª Semana Litúrgica Nacional Italiana.

O documento, assinado pelo cardeal Tarcisio Bertone, secretário de Estado, foi redigido dentro do Ano Sacerdotal, ao celebrar-se os 35 anos da entrada em vigor para a Igreja na Itália do novo Rito da Penitência.

O texto pede “verificar se, além da mudança de rito, formou-se uma adequada mentalidade teológica, espiritual e pastoral”.

A missiva propõe “favorecer uma retomada e renovação da celebração da misericórdia e da experiência significativa do perdão divino”.

O texto recolhe as palavras que o Papa dirigiu em uma mensagem ao 20º curso por ocasião do fórum interno, promovido pela Penitenciaria Apostólica, no dia 12 de março de 2009, no qual afirmava: “Em nossa época, uma das prioridades pastorais é, sem dúvida, formar retamente a consciência dos crentes porque (...) na medida em que se perde o sentido do pecado, aumentam os sentimentos de culpa, que se tenta eliminar com remédios paliativos insuficientes”.

Para isso, o Papa considera que é importante redescobrir o sacramento da Penitência, que “requer uma catequese prévia e uma catequese mistagógica”.

“Junto a uma adequada formação da consciência moral e uma maturidade de vida e celebração do sacramento, é preciso fortalecer nos fiéis a experiência do acompanhamento espiritual”, indica a mensagem.

Precisamente por este motivo, o Papa confirma que “precisamos de ‘mestres do espírito’ sábios e santos” e exorta os sacerdotes a “manterem sempre viva em si mesmos a consciência de que devem ser ‘ministros’ dignos da misericórdia divina e educadores responsáveis das consciências”, inspirando-se no exemplo do Cura de Ars, São João Maria Vianney, de quem neste ano se recorda o 150º aniversário de falecimento.