Papa envia óleos santos a Áquila, danificada pelo terremoto

O bispo não pôde reunir o presbitério diocesano por causa do sismo

| 823 visitas

CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 9 de abril de 2009 (ZENIT.org).- Bento XVI enviou os óleos santos abençoados na Missa Crismal da Quinta-Feira Santa a Áquila, cidade na qual o bispo não pôde presidir a celebração por causa do terremoto. 

Ao concluir a missa na Basílica de São Pedro, o Papa disse: «A nosso querido irmão Dom Giuseppe Molinari, arcebispo de Áquila, que, por causa dos gravíssimos danos causados pelo terremoto, não poderá reunir o presbitério diocesano para a celebração da Missa Crismal, desejo fazer chegar estes santos óleos, como sinal de profunda comunhão e proximidade espiritual». 

«Que estes santos óleos possam acompanhar o tempo de renascimento e de reconstrução – desejou o bispo de Roma –, curando as feridas e apoiando a esperança.»

A lembrança das vítimas dos terremotos na região italiana de Abruzzo esteve no centro da tradicional celebração da Quinta-Feira Santa, com a participação dos sacerdotes presentes em Roma, na qual o Papa abençoou os óleos santos dos catecúmenos e dos enfermos e o crisma. 

O azeite do óleo bento foi doado pela associação de cooperativas agrícolas «Arte e alimentação» de Castelserás, na Espanha, e a essência perfumada do sacro crisma foi oferecida por uma empresa agrícola de Reggio Calábria, na Itália.