Papa Francisco "profundamente entristecido" por ocasião do incêndio em Buenos Aires

Em telegrama ao Arcebispo Mario Poli, o Papa expressou suas condolências pelo incidente no Bairro de Barracas que causou a morte de nove bombeiros e muitos feridos

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) Redacao | 370 visitas

Todas as tragédias que acontecem no mundo estão causando profunda dor ao Papa Francisco, mas o incêndio ocorrido ontem no Bairro de Barracas, em Buenos Aires, no qual perderam a vida nove bombeiros e várias pessoas ficaram feridas, foi uma verdadeira ferida no coração do Papa.

Em um telegrama de condolências enviado ao Arcebispo Mario Aurelio Poli, Metropolita de Buenos Aires (Argentina), o Papa disse que estava "profundamente entristecido" e garantiu sua proximidade, sentindo-se "muito unido aos que sofrem pelo terrível acidente".

"Nesta triste ocasião - escreve Bergoglio - rezo pelo repouso eterno dos servidores públicos mortos no cumprimento do seu dever e peço a Deus para conceder consolação e força a todos que foram afetados por esta tragédia e que suscite em todos um sentimento de solidariedade fraterna, que os ajude a enfrentar essa adversidade".

Por fim, o Pontífice dirige "uma palavra de esperança às famílias que choram a perda de seus entes queridos e àqueles que aguardam com confiança a recuperação dos feridos". E, após invocar a proteção de Nossa Senhora de Luján, concedeu a sua bênção "ao caro povo de Buenos Aires, tão presente em meu coração”.

(Trad.MEM)