Papa Francisco reza pelas vítimas do desastre ferroviário no Canadá

Explosão deixou 13 mortos e 50 desaparecidos. Santo Padre reza pelo "calvário" das famílias

Cidade do Vaticano, (Zenit.org) | 455 visitas

Um "calvário": foi assim que o papa Francisco definiu a dor das famílias das vítimas do desastre de trem ocorrido em Quebec, no Canadá. Na noite entre a sexta-feira, 5, e o sábado, 6 de julho, um trem-tanque com 120 mil litros de petróleo descarrilou e explodiu perto da cidade de Lac-Mégantic, a 250 km de Montreal, causando um incêndio impressionante que destruiu mais de quarenta edifícios.

O saldo é trágico: 13 mortos e 50 desaparecidos. De acordo com os socorristas, o número de mortes pode continuar a aumentar. Também há possibilidades de um grande desastre ambiental devido aos cem mil litros de petróleo bruto, que podem ir parar no Rio São Lourenço.

Em telegrama assinado pelo cardeal Tarcisio Bertone, secretário de Estado, o papa assegura as suas orações a Deus pelo descanso "em sua luz" das vítimas do desastre e pede "ajuda e conforto" para as famílias.